Um aliado a mais na busca pelo corpo perfeito

Criofrequência oferece resultados eficientes no combate à gordura localizada, flacidez e celulite

2 min para ler 18 fev, 18
Publicidade

mobile_corpoativo_290x190px

As festas de final de ano passaram, mas o verão ainda vai longe, então nada mais justo que correr atrás do prejuízo e recuperar o shape para vestir aquele biquíni sem insegurança. Ah, e acredite: há tempo hábil para isso! A criofrequência é mais uma super máquina no combate à gordura localizada, flacidez e celulite que oferece resultados satisfatórios já na primeira sessão. Quem explica a ação do tratamento é o Dr. Eduardo Bornhausen Demarch. “Durante o tratamento, as camadas mais superficiais da pele resfriam enquanto as camadas mais profundas aquecem. O encontro do frio de até -10 graus com o calor de alta intensidade de 1.050 watts das ondas eletromagnéticas produzidas no handpiece causam um choque térmico no tecido. O frio é condutivo (age de fora para dentro) e é controlado pela energia das ondas eletromagnéticas mono e multipolares (que agem por conversão, de dentro para fora). A combinação desses dois recursos permite que se use com segurança grandes quantidades de energia. O encontro das duas temperaturas extremas produz um “choque térmico” no tecido alvo, gerando um efeito fisiológico reparador.

corpo-modelado2

Obtém-se um efeito lifting quase instantâneo, assim como redução progressiva da flacidez e gordura, pelo estímulo de colágeno e até mesmo lipólise proporcionadas. Para o paciente, isso se traduz em melhores resultados em poucas sessões de tratamento. As pessoas adoram essa tecnologia, é indolor e bem confortável de fazer e os resultados são visíveis”. A Criofrequência pode ser aplicada na face, pescoço, colo, braço, abdômen, flancos, glúteos e coxas e tem a vantagem de produzir uma sensação agradável ao paciente, diferente de outras técnicas onde a sensação de calor é excessiva. Outro ponto positivo é que a criofrequência trata também a textura da pele, ficando com aspecto rejuvenescido.

Publicidade

2obanner_vallsa_360x344px

Apesar de bem tolerado existem algumas restrições para quem quer fazer o procedimento: “Não pode ser aplicada em pessoas com marcapasso, ou próteses/implantes metálicos, gestantes, mulheres em período de amamentação, ou sobre locais em que a pele esteja irritada ou com alguma lesão” alerta Dr. Eduardo. Cabe destacar que a criofrequência é indicada contra flacidez leve a moderada no rosto e pescoço – auxiliando no combate às rugas e marcas de expressão –, flacidez corporal pós-emagrecimento ou pós-parto, gordura localizada e celulite. De acordo com o profissional, para tratar a flacidez são necessárias de quatro a seis sessões com intervalo de 15 a 21 dias. Já para agir contra a gordura localizada e a celulite são recomendadas de quatro a oito sessões com intervalos semanais ou a cada 15 dias. Outra boa notícia é que não é preciso ficar em repouso depois da aplicação. “Após o procedimento a pessoa está apta a qualquer atividade”, diz o especialista.

banneredu-280x300

Eduardo Bornhausen Demarch
https://www.doutoreduardo.com/