INACREDITÁVEL: Mulheres denunciam dono de casa noturna por obrigá-las a fazer sexo em SC

data 23 de janeiro de 2024

O homem teria ameaçado as vítimas, tendo afirmado ser influente e conhecer as autoridades do local

Na noite de segunda-feira, 22, duas mulheres argentinas denunciaram o proprietário de uma casa noturna de Bombinhas, no Litoral Norte catarinense, de estupro e cárcere privado. A Polícia Militar foi acionada às 20h, na UPA de Bombinhas.

Para a Polícia Militar, as duas mulheres informaram que chegaram ao Brasil no dia 28 de dezembro e foram até uma festa em um casa noturna. No local, o proprietário, ofereceu emprego à uma delas. Após um tempo no trabalho, a mulher indicou uma amiga, esta também vinda da Argentina.

Segundo as mulheres, o homem então teria passado a trancar a dupla na parte de cima de seu estabelecimento, bem como também teria as obrigado a fazer sexo sem proteção. O homem teria ameaçado as vítimas, tendo afirmado ser influente e conhecer as autoridades do local, inclusive não as permitia ter um advogado, de acordo com relato que consta no Boletim de Ocorrência.

Na segunda-feira (22), a dupla teria conseguido fugir do local com a ajuda de um amigo. Neste momento, acionaram os bombeiros para prestar auxílio até o pronto atendimento. As vítimas então receberam atendimento médico e registraram o BO. Elas afirmaram para os policiais que estão assustadas e temem por suas vidas. A Polícia Civil foi acionada e investiga o caso.

Veja também

Desenvolvido por AUIN Tecnologia