Caso jogador do Corinthians: Polícia tem novidades

data 10 de fevereiro de 2024

Pai da jovem foi quem levou o celular até à delegaci

Caso jogador do Corinthians Polícia está com o celular da jovem

Jogador prestou novo depoimento que durou quase oito horas na última quarta-feira (Foto: Reprodução, TV Globo)

A delegada responsável pelo caso da jovem que morreu após se relacionar com Dimas Cândido, jogador sub-20 do Corinthians, já está em posse do celular da menina. O pai de Lívia Matos, Rubens Chagas Matos, entregou, na última quinta-feira (8), o telefone dela para a polícia.

Além do celular, Rubens Matos também levou o prontuário médico da jovem até a 5ª Delegacia da Mulher, na zona Leste de São Paulo. Segundo o UOL, quem confirmou a entrega foi o advogado da família, Alfredo Porcer.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

— Está sendo juntado um prontuário médico, que oficialmente não existia, nós não tínhamos a informação de que a lesão era de cinco centímetros. O que eu posso falar é que realmente está ali, hoje é oficial, uma lesão, uma laceração de cinco centímetros e a autoridade policial que vai analisar tudo isso — declarou.

Veja imagens de Dimas jogando pelo Corinthians

(Foto: Reprodução, Instagram, @dimasf_10)

O que se sabe sobre a jovem que morreu após ter relações com jogador do Corinthians (2)

(Foto: Reprodução, Instagram, @dimasf_10)

O que se sabe sobre a jovem que morreu após ter relações com jogador do Corinthians (3)

(Foto: Reprodução, Instagram, @dimasf_10)

(Foto: Reprodução, Instagram, @dimasf_10)

(Foto: Reprodução, Instagram, @dimasf_10)

O que se sabe sobre a jovem que morreu após ter relações com jogador do Corinthians (2)

(Foto: Reprodução, Instagram, @dimasf_10)VoltarAvançar12345

Na quarta-feira (7), o jogador do Corinthians prestou um novo depoimento sobre a morte da jovem de 19 anos. O depoimento durou quase oito horas, começando por volta das 10h30min e acabando depois das 18h.

Veja também

Desenvolvido por AUIN Tecnologia