Val Kilmer perdeu a voz. Agora, fala por um teclado

Por: Revista Nossa Foto:
Compartilhe

 

  Foto: Divulgação/Unsplash Foto: Divulgação/Unsplash

 

Em 2015 o ator Val Kilmer realizou uma cirurgia para combater um câncer na garganta. E perdeu a voz. Kilmer decidiu que continuaria a falar e para isso contou com a empresa britânica de software Sonantic.

Usando os recursos de inteligência artificial e deepfake, a Sonantic clona vozes para estúdios de vídeo e games. A voz de Kilmer foi recriada a partir de 30 minutos de áudio e é praticamente impossível diferenciar a verdadeira da artificial. Agora ele “fala” escrevendo o que quer num computador. O recurso já existe em parte, por exemplo, no programa Word, da Microsoft. O Word “fala” o que escrevemos, mas usa um par de vozes fixas. A de Val Kilmer é única.

Veja também

Dia Internacional do Idoso será comemorado no Parque da Inovação
Confira programação completa deste domingo.
Prefeitura altera sentido de ruas no bairro Ilha da Figueira
Quem trafega pelas Ruas Raulino Kreis e Antônio José Gonçalves deve tomar cuidado a partir da semana que vem.
Meninas do vôlei de praia seguem no estadual
De acordo com técnico, dupla tem condição de brigar pelo pódio na fase final.
Prefeitura e IPHAN estudam destino do recurso remanescente do TAC Rio da Luz
Termo de Ajustamento de Conduta prevê investimentos em ações de manutenção e valorização dos bens culturais.
Praça no Nova Brasília é revitalizada
Espaço ganhou novos bancos, piso de paver e iluminação de led.