Uma mulher que é sinônimo de sucesso

Por: Foto: Marcelo Luis
Compartilhe

Se fizéssemos todas as coisas de que somos capazes, nós nos surpreenderíamos a nós mesmos...” A frase atribuída ao cientista, inventor e empresário norte-americano, Thomas Edison, ninguém mais ninguém menos do que o inventor da lâmpada elétrica incandescente, entre outras genialidades que mudaram o destino da humanidade, é uma das preferidas da empresária Delinde Fachini, a Deni, como é carinhosamente chamada, e, por consequência, da sua família. Deni é uma mulher alegre, intensa e que mais do que adorar frases de efeito, as leva muito a sério e procura não apenas disseminá-las, mas adotar estes ensinamentos de uso comum no seu dia a dia.

Por isso, quando se fala em mulheres poderosas e empoderadas, com frequência seu nome vem à tona. Embora reconheça seu valor na construção da empresa familiar, que neste ano está completando 18 anos e festejando com o alto astral de sempre a desejada maioridade, Deni frisa que as conquistas não seriam possíveis se não tivesse trabalhado junto com o sócio e marido, Odilon, e agora com o apoio incondicional e a visão jovial e futurista dos filhos, Guilherme e Murillo, e uma equipe supertreinada e tão determinada quanto os empreendedores.

A base da Fachini Veículos está sedimentada na determinação de atender às expectativas dos clientes. “Nossa filosofia está em oferecer veículos para todas as pessoas, todos os bolsos e todas as necessidades, tudo isso sem diminuir a atenção e o cuidado em oferecer um produto de excelência”, reforça, sempre preocupada com os mínimos detalhes e desafiando todos a atenderem as aspirações dos clientes. Deni e Odilon garantem que ninguém sai da Fachini Veículos sem ter seu pedido atendido. “Aqui, o cliente diz o que deseja, seja estilo, marca, cor, e a equipe traz a ele o veículo desejado”.

A visão dos empresários vai bem além do fechamento de uma venda. Pois desta negociação surgirão muitas outras. Em primeiro lugar, porque eles consideram os clientes os principais responsáveis pelo marketing de sua empresa. “Quando o cliente sai feliz, ele nos faz feliz e também divulga para familiares e amigos o nosso negócio”, atestam. Outro motivo para fidelizar o cliente está no fato de que uma primeira venda com certeza é o primeiro passo para um longo relacionamento, pois a empresa está focada em garantir atendimento completo e os serviços de manutenção no pós-venda. E seus clientes podem saber que eles estão sempre trabalhando para oferecer as menores taxas e preços, sem descuidar da qualidade e da garantia de procedência dos veículos.

 

Obstinação na fidelização dos amigos-clientes

“Sem o cliente, nada podemos. Na Fachini Veículos, não temos clientes, temos amigos. Nós trabalhamos 80% por indicações de amigos que compram conosco e com nossa equipe”, atestam Deni e Odilon, destacando que têm clientes há mais de 25 anos, ou seja, desde antes de abrir oficialmente sua loja, pessoas fiéis e que não dispensam o atendimento diferenciado oferecido pela família. “Sou muito grata pela confiabilidade do cliente e o engajamento da equipe”, frisa Deni.

O casal explica que como sua loja não é uma revenda dedicada a alguma marca exclusiva, o cliente se tornou o foco principal, onde o trabalho está focado em fazer com que ele faça o melhor negócio possível. “Somos multimarcas. Damos uma consultoria ao cliente, para que ele compre o melhor carro e que se sinta seguro e volte sempre”.

Deni se surpreende ao constatar que ainda hoje, em tempos de internet e compras virtuais, a Fachini ainda tem clientes que chegam levando amigos e parentes pela mão para que possam fazer bons negócios. “Antes de mais nada, não somos um comércio, somos uma consultoria em negócios. E me emociona acompanhar a trajetória deste cliente, daquele que começou comprando um Fiat Uno e hoje está andando de Jeep Compass”, revela Deni, feliz por observar que seu cliente cresceu junto com a empresa. Por isso, não seria exagero dizer que quem entrou lá pela primeira vez no colo dos pais, chupando bico, hoje já saiu de lá com seu próprio veículo. “Temos clientes que vão desde executivos de multinacionais a garis, e todos têm o mesmo atendimento”, contam Odilon e Deni. E este atendimento na Fachini Veículos é uma espécie de mimo ao cliente. “Aqui ele é recebido com um doce, com sua bebida preferida, em um ambiente confortável e bonito. Não economizamos para que ele se sinta bem em nossa ‘boutique de veículos’”, frisam.

 

A força da fé

A Fachini Veículos é como uma espécie de fortaleza para a família de empreendedores. Afinal, para quem tem como uma de suas frases preferidas e metas de vida o salmo “Tudo posso naquele que me fortalece” (Filipenses, 4,13) não poderia ser menos do que uma fortaleza. Há 18 anos, quando esta blumenauense radicada há 26 anos em Jaraguá do Sul, e o marido resolveram investir no ramo de revenda de veículos novos e seminovos e abriram a empresa, nem de longe imaginavam que estariam escrevendo seu nome na história do empreendedorismo da cidade que escolheram para viver.

Afinal, Deni foi a primeira mulher a comandar uma revenda de veículos na cidade. E o resultado de tanto desprendimento diante de um mercado iminentemente masculino, ainda mais há quase duas décadas, revelam algumas das facetas da personalidade da empresária: a obstinação, a fé e a determinação. E o resultado deste desafio pode ser conferido no ano em que sua empresa está conquistando a maioridade.

Deni não nega que o caminho foi difícil e por isso a presença de outro vendedor nato, como Odilon, foi fundamental. Com frequência, ela recorda que teve que se esforçar muito mais do que muitos concorrentes, justamente pelo fato de ser mulher, pois ainda hoje é desafiada a provar que é mulher e que entende muito de carros, tanto ou até mais do que os homens. Junto, o casal lidou com a concorrência e com a falta de dinheiro com as armas que tinha: a determinação, o foco e a busca de conhecimento. E ela ainda teve energia para estudar e se graduar em marketing e administração de empresas.

 

A veia empreendedora que veio com o DNA

A veia empreendedora de Deni já havia sido despertada há pelo menos uma década antes da revenda, quando ela resolveu investir na profissão de vendedora de consórcios. Logo o profissionalismo veio à tona e ela sempre se destacava, acreditando que nasceu para ser vendedora. Vinda de uma família numerosa e humilde, Deni e o marido, Odilon, tornaram-se sócios e sedimentaram seu casamento em paralelo com o desenvolvimento da empresa que idealizaram. Bem-humorada, ela sempre lidou com desenvoltura com o fato de ser a única mulher no ramo na cidade.

E juntos conquistaram clientes fiéis ao longo destes anos graças à visão diferenciada que trouxeram ao mercado. Detalhistas, adotaram um serviço diferenciado, com o objetivo de garantir atendimento personalizado aos seus clientes. Eles costumam pregar que todo o cliente é único e especial. E é assim que sua equipe os trata. E esta personalização pregam diariamente para sua equipe, para que todos busquem e ofereçam as melhores oportunidades, de forma a atender as expectativas dos clientes e realizar seu sonho quando se trata de comprar ou trocar de veículo.

E de que forma eles vêm realizando estes sonhos? De uma forma bem profissional, pois é o profissionalismo que faz com que estejam sempre atentos ao exigente e dinâmico mercado de veículos e procurando atualizar-se com as novas tecnologias.

 

Uma mulher de negócios e de família

Deni é mais do que uma mulher de negócios bem sucedida. Ela também é mãe e esposa e adora estas funções. Apesar da juventude e energia, ela e o marido já estão planejando a aposentadoria e a saída de cena, que deve ocorrer aos poucos, de forma bem gradativa. Tanto que acompanham de perto o trabalho dos filhos, Guilherme e Murillo, preparando-os para a sucessão. Ela e o marido planejam entregar a direção do empreendimento familiar para o primogênito, que também se revelou um empreendedor nato. Aos 27 anos, Guilherme tinha apenas um ano quando a família mudou-se para Jaraguá do Sul, e se criou e cresceu em paralelo com a Fachini, onde trabalha há dez anos e logo ele estará assumindo novo posto. Já Murillo está há cerca de um ano na empresa, se inteirando do negócio e também cultivando sua carteira de clientes fidelizados. Eles também evitam fazer planos para o futuro, pois o que querem dele é apenas saúde para continuar sua caminhada, e, depois da aposentadoria, de preferência em uma praia.

 

Vaidosa na medida certa

Quem vê Deni tão exuberante e cheia de energia nem de longe imagina que no fundo mesmo ela é uma mulher de hábitos simples, que gosta de dormir e acordar cedo. Vaidosa, vive a rotina agitada e típica de uma mulher que se divide entre a jornada de ser empreendedora, mãe e esposa. Seu livro de cabeceira, “Mentes Milionárias”, reforça a veia empreendedora. E às vésperas do Dia Internacional da Mulher, Deni e a equipe Fachini parabenizam a todas as mulheres fortes e determinadas que ajudam a escrever a história de Jaraguá do Sul. Ela também já confirmou sua presença na badaladíssima 12ª Festa do Champagne de Jaraguá do Sul, noite festiva que reúne as personalidades femininas mais elegantes, carismáticas, intelectuais e antenadas da região para um momento de descontração, com muita diversão e regada e um saboroso champagne, sua bebida preferida.

Veja também

Vamos falar sobre vidros?
São tantas as opções que muitas vezes o cliente pode não saber o que fazer no momento da escolha.
Asfaltamento da Rua 13 de Maio deve continuar em breve
Empresa responsável pelo novo trecho já foi conhecida por meio de licitação.
Central de Imunização do Centro fecha mais cedo amanhã
O motivo é a capacitação de rotina da equipe do posto.
Vôlei jaraguaense carimba o passaporte para a Olesc
Time venceu todos os jogos da etapa regional por três sets a zero e passou para a próxima fase.
Jaraguá promove evento LGBTQIA+
Encontro ocorreu no último sábado e contou com diversos serviços e apresentações.
Dupla jaraguaense é vice-campeã no vôlei de praia sub-13
Conquista ocorreu na I Etapa do Campeonato Estadual de Vôlei sub 13, realizada em Piçarras.