USO DE MEDICAMENTOS E CIRURGIA PLÁSTICA

Por: Estética - Por Dr. Rodrigo Agacy e Dra. Ana Paula Passini
Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe

Muitas pessoas  utilizam medicamentos de uso contínuo ou temporário. Antes e depois de cirurgias alguns deles não devem ser tomados como em dias normais e você deve informar seu médico sobre absolutamente todos os remédios que vem tomando assim o médico poderá lhe passar as recomendações para um bom procedimento sem riscos.

No pré-operatório

Por no mínimo 15 dias antes da cirurgia deve-se parar de ingerir medicamentos derivados de ácido acetil salicílico (os mais comum são a Aspirina e Melhoral). Também entram nesse grupo todos os medicamentos contraindicados em caso de suspeita de dengue, eles prejudicam a coagulação e favorecem o aparecimento de hematomas após a cirurgia.

Não usar nenhum tipo de anticoagulante e nem medicamentos à base de vasodilatadores e ervas (como GINKGO BILOBA, CHÁ VERDE, CHÁ BRANCO, ARNICA), pois esse tipo de substância aumenta a circulação do sangue e assim quando feito o corte vai aumentar o volume e frequência do sangramento, dificultando o fechamento e cicatrização.

Todo e qualquer tipo de medicamento para emagrecer deve ser parado de tomar pelo menos 15 dias antes do procedimento, inclusive os diuréticos.

Medicamentos que o paciente é sabidamente alérgico e aqueles que ele teve alguma reação adversa devem ser informados.

No pós-operatório

Após cirurgias é inevitável que se lide com a dor vez ou outra. Para amenizar, os médicos costumam receitar alguns remédios com dosagens e hora certa para ingeri-los. Se a dor estiver muito forte e os remédios e dosagens recomendadas não adiantarem procure seu médico, não vá a farmácia e compre qualquer medicamento sem a prescrição de um médico. Essa não é uma dor como outra, ela surgiu de um procedimento cirúrgico e deve ser lidada com mais cuidado.

Os riscos de trombose e necrose são altos na primeira quinzena após a cirurgia, não volte a tomar o anticoncepcional antes dos 15 dias. Evite qualquer tipo de anticoagulante (a não ser que seja prescrito pelo cirurgião) por pelo menos 21 dias.  Use a meia antitrombo pelo tempo indicado e evite ficar muito tempo se mexer as pernas.

Só retorne aos medicamentos do dia a dia no período de tempo que seu médico indicar. É importante seguir essas orientações para não prejudicar sua saúde e a cicatrização dos seus cortes. Essas regras servem tanto para cirurgias plásticas quanto para de outros procedimentos, cada caso é específico e único então não deixe de informar todos os medicamentos que você toma para o médico, não importa para que fim sejam.

Evite riscos e siga todas as recomendações dadas pelo cirurgião!  Para um bom procedimento com um resultado esperado e sem complicações, é preciso o total diálogo entre médico e paciente. Converse com seu cirurgião e tire todas as dúvidas.

 

 

Veja também

Dia Internacional do Idoso será comemorado no Parque da Inovação
Confira programação completa deste domingo.
Prefeitura altera sentido de ruas no bairro Ilha da Figueira
Quem trafega pelas Ruas Raulino Kreis e Antônio José Gonçalves deve tomar cuidado a partir da semana que vem.
Meninas do vôlei de praia seguem no estadual
De acordo com técnico, dupla tem condição de brigar pelo pódio na fase final.
Prefeitura e IPHAN estudam destino do recurso remanescente do TAC Rio da Luz
Termo de Ajustamento de Conduta prevê investimentos em ações de manutenção e valorização dos bens culturais.
Praça no Nova Brasília é revitalizada
Espaço ganhou novos bancos, piso de paver e iluminação de led.