Seroma tardio pós mastoplastia de aumento (prótese de silicone)

Por: Estética - Por Dr. Rodrigo Agacy e Dra. Ana Paula Passini
Foto: Divulgação
Compartilhe

O seroma é o acúmulo de líquido na área operada. Isso pode ocorrer em qualquer tipo de cirurgia, sendo pouco frequente nas mamoplastias de aumento  (silicone). Entretanto, por vir acompanhado de aumento e assimetria mamária, dor e desconforto, provoca grande ansiedade nas pacientes que o desenvolvem.

De maneira resumida, o seroma após a mamoplastia de aumento (prótese de silicone) deve ser abordado da seguinte forma:

- Afastar a presença de infecção. Para tal, observar a presença de sinais inflamatórios como vermelhidão, dor e febre.

- Solicitar aspiração guiada por ultrassom e enviar o líquido colhido para cultura, a fim de identificar possível presença de bactérias. Em casos de seroma tardio (um ano ou mais após a operação), é necessário também pesquisar a presença de células neoplásicas no líquido aspirado.

- Em caso de infecção, tratar com antibiótico e caso o seroma não desapareça optar por tratamento cirúrgico conforme descrito abaixo. Se não for confirmada infecção, o tratamento deve ser inicialmente conservador.

- Em caso de repetidas recidivas do seroma ou de confirmação de infecção que não responde ao antibiótico, avaliar intervenção cirúrgica que pode ser de dois tipos:

  1. Troca de prótese com capsulectomia (retirada total da cápsula que envolve a prótese).
  2. Capsulectomia e retirada do implante mamário. Nova prótese é implantada entre 3 e 6 meses depois.

É importante ressaltar que não existe um consenso em relação ao tratamento de seroma após  aumento mamário (silicone) e que várias outras abordagens podem ser consideradas corretas e efetivas.

Veja também

As mulheres o tabagismo e a gravidez
Conheça os riscos e livre-se o quanto antes desse hábito nocivo.
Dia Nacional de Combate a Sífilis chama atenção para a doença
O dia 16 de outubro marca a data, mas orientações, testes rápidos e acesso facilitado ao tratamento fazem parte da rotina diária da saúde.
Boletim coronavírus do dia 21 de outubro de 2021
Nas últimas 24 horas foram 25 novos casos e 50 pessoas recuperadas.
Vacinação de adolescentes contra a Covid é retomada em Jaraguá
Quem tiver idade entre 12 e 17 anos pode procurar a Central de Vacinas acompanhado dos pais ou portando declaração que os autoriza a tomar o imunizante.
Boletim coronavírus do dia 20 de outubro de 2021
Nas últimas 24 horas foram 39 novos casos e 43 pessoas recuperadas.
Combate à Covid-19: mais de 2.500 doses foram aplicadas no fim de semana
Procura maior tem sido pela segunda dose, mas município liberou também dose de reforço para os profissionais da saúde que receberam as duas doses até 30 de abril.