Saúde bucal e atividade física

Por: Foto: Divulgação
Compartilhe

Hoje vamos falar um pouco sobre saúde bucal e atividade física. Você sabia que a saúde bucal interfere diretamente no rendimento da atividade física? As práticas esportivas estão cada vez mais frequentes no dia a dia das pessoas e oferecem uma variedade de benefícios. Entretanto, o que poucos sabem é que os problemas bucais afetam a saúde geral do atleta, seja ele amador ou profissional, tanto no rendimento nos treinos, quanto nas competições. Desse modo, praticantes de atividades físicas precisam entender a importância de cuidar de sua saúde bucal, assim como cuidam de seu corpo.

A visita ao dentista é extremamente importante, pois será possível identificar alterações bucais que podem prejudicar o desempenho dos atletas, tais como:

 

  • má oclusão;
  • respiração bucal;
  • perdas dentárias;
  • desordens na ATM (articulação temporomandibular);
  • problemas nos canais;
  • alterações gengivais/periodontais;
  • cárie dentária;
  • raízes residuais.

As alterações bucais listadas ao lado podem ocasionar diversos problemas, entre eles dificultar a recuperação de lesões musculares; diminuir a capacidade aeróbica; prejudicar a mastigação e consequentemente a digestão, ocasionando assim o não aproveitamento do alimento ingerido; alterar postura e visão; provocar dores de cabeça, fadiga entre outros problemas. Quando se tem um foco infeccioso na boca, essa infecção se espalha por meio da corrente sanguínea, provocando risco para o coração, lesões nas articulações e pode até mesmo levar à morte.

 

Alguns dados interessantes em relação ao desempenho do atleta que é afetado de forma considerável pelos problemas bucais: pesquisas revelam que o rendimento pode diminuir em até 22%. Quando existe um canal aberto, por exemplo, há uma queda de 17% no condicionamento. Caso o problema seja respiração bucal, o rendimento físico chega a ser 21% menor se comparado com um que respira pelo nariz.

Para os atletas que praticam esportes de contato, o uso de protetores bucais é imprescindível. Os protetores previnem lesões nas bochechas, língua e lábios e protegem os dentes de fraturas ou até mesmo a perda dos elementos dentários envolvidos em um acidente na hora do treino. Pessoas que praticam musculação também não ficam de fora do uso dos protetores, pois os mesmos amortecem e distribuem as forças resultantes do “apertamento” involuntário durante o exercício, prevenindo problemas futuros.

Portanto, a odontologia desportiva é de suma importância na melhora do desempenho e na preservação da saúde dos atletas, que devem incluir em sua rotina não somente as idas às academias, mas também fazer com que as consultas periódicas ao dentista façam parte da sua vida e da vida dos seus familiares.

Nós da Odonto Hasse estamos sempre aqui para lhe ajudar.

Veja também

Coluna do Moa desta quarta-feira
FAISCA Por favor gente, não convide para sentar na mesma os vereadores Jeferson Cardoso e...
Coluna do Moa desta terça-feira
Vamos falar sobre vidros?
São tantas as opções que muitas vezes o cliente pode não saber o que fazer no momento da escolha.
Asfaltamento da Rua 13 de Maio deve continuar em breve
Empresa responsável pelo novo trecho já foi conhecida por meio de licitação.
Central de Imunização do Centro fecha mais cedo amanhã
O motivo é a capacitação de rotina da equipe do posto.