Rede Nossa: Mudança climática pode alterar rota e trazer nuvem de gafanhotos para o Sul

Por: Revista Nossa Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe

Embora autoridades argentinas tenham informado na manhã desta segunda-feira (29/6) que a nuvem de gafanhotos tenha se deslocado para oeste, em direção ao Rio Paraná, autoridades fitossanitárias brasileiras estão preocupadas com possíveis mudanças climáticas que poderiam facilitar a entrada da praga no Rio Grande do Sul.

“A nossa preocupação é com a influência meteorológica. Se tivermos uma convergência dos ventos, os gafanhotos podem se deslocar para o norte da Argentina e convergir com o oeste e noroeste do Rio Grande do Sul, o que possibilitaria a formação da nuvem e a entrada em território brasileiro”, afirma o chefe da Divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Secretaria da Agricultura do RS, Ricardo Felicetti.

Argentina encontrou uma forma de combater a nuvem de gafanhotos

Por isso, o governo estadual aumentou de 8 para 11 fiscais agropecuários em vigilância nas sete cidades próximas à fronteira com o país vizinho - São Borja, Itaqui, Alegrete, São Luiz do Gonzaga, Barra do Quaraí, Uruguaiana e Santa Rosa. Esse monitoramento tem ocorrido junto com as prefeituras e produtores locais.

“Temos um plano operacional elaborado, mas dependemos ainda de algumas informações do Ministério da Agricultura. Só falta isso ser publicado. Havendo a nuvem, a ação de impacto seria a pulverização, dependendo do deslocamento, já que ela pode entrar coesa ou espalhada, sem um ponto fixo”, conta Felicetti.

Na próxima quinta-feira (2/6), uma reunião por videoconferência está marcada entre os representantes do Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) e instituições do setor aéreo na Argentina (Fearca) e no Uruguai (Anepa). Na pauta, está a intenção de definir novas ações de combate à praga nos países. Devem participar do encontro, além das entidades, representantes do Ministério da Agricultura de cada um dos países envolvidos.

Veja também

Rede Nossa: Morre a sogra do empresário jaraguaense Décio Silva
O velório foi fechado ao público e foram permitidos apenas familiares
Coluna do Moa - 4 de julho
Não sei se vocês perceberam no vídeo que está circulando no WhatsApp, mas aquele bode velho da política jaraguaense quase que não conseguiu juntar a toalha
Coluna do Moa - 3 de julho
Ele é avulso, ostenta carrões, esnoba os amigos e humilha as periguetes... Vem ler a coluna de hoje que te conto esse babado!
Rede Nossa: Bolsonaro confirma vinda a SC neste sábado, 4
O presidente irá sobrevoar para ver de perto as áreas atingidas pelo ciclone extratropical que atingiu o estado na terça-feira
Rede Nossa: Acordo entre cavalheiros sela destino da Câmara de Vereadores para 2020
A eleição para a nova mesa diretora ocorrerá nos próximos dias