Rede Nossa: Em Pomerode, dono de piscina com suástica nazista permanece inscrito como candidato nas Eleições 2020

Por: NSC Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe

O professor de História Wander Pugliesi, que desenhou uma suástica nazista na piscina de casa, permanece inscrito como candidato a vereador em Pomerode uma semana após o Partido Liberal anunciar a expulsão dele. O PL havia informado que também cancelaria o pedido de registro da candidatura nas Eleições 2020, o que ainda não ocorreu.

Como mantém símbolos nazistas dentro de casa, Pugliesi nunca respondeu processo

Com o nome de urna Professor Wander, o processo de registro no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) segue o rumo normal. A última movimentação no sistema burocrático da Justiça Eleitoral ocorreu nesta quarta-feira (14). Ou seja, o pedido permanece ativo.

Segundo Alexandro Fernandes, que atua na coordenação das campanhas do PL no Médio Vale do Itajaí, o diretório do partido em Pomerode ainda está providenciando a substituição do candidato. Na semana passada, o comando estadual da legenda havia anunciado a expulsão "por não compactuar ideologicamente com o filiado”.

Após o anúncio da decisão, o candidato excluiu o perfil de Facebook onde publicava fotos e vídeos repletos de símbolos nacionais e o número na urna.

 

Veja também

Rede Nossa: Justiça Eleitoral de SC homologa renúncia de professor conhecido por suástica em piscina
Em carta incluída no processo de candidatura, Wandercy Antonio Pugliesi disse que desistência das eleições municipais é definitiva e irrevogável
Rede Nossa: Comissão de Saúde com deputado catarinense reúne especialistas para debater futura vacinação para Covid-19
Também participarão da reunião representante do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Santa Catarina, do Conselho Regional de Medicina e da Superintendência de Vigilância em Saúde do Estado
Rede Nossa: Deputados de SC votam por dar prosseguimento ao 2º pedido de impeachment contra governador Moisés
A próxima etapa é a formação do tribunal misto, com cinco deputados estaduais e cinco desembargadores, como ocorreu no primeiro pedido de impeachment
Rede Nossa: Bolsonaro afirma que Brasil não irá comprar vacina da China
Presidente cancela acordo de ontem; Ministro Pazuello foi desautorizado
Rede Nossa: Após impasse judicial, Alesc vota 2º pedido de impeachment contra governador de SC nesta terça
Votação ocorreria na quinta (15), mas foi adiada após decisão do TJSC que suspendeu reunião extraordinária