Rede Nossa: Aprovado projeto de Carlos Chiodini que pede flexibilização para fabricar e comercializar ventiladores pulmonares

Por: Revista Nossa Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe

Acaba de ser aprovado pela Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 2294/2020, de autoria do deputado federal Carlos Chiodini (MDB/SC), que pede urgência na flexibilização de regras, normas técnicas e operacionais sobre a fabricação e comercialização de ventiladores pulmonares durante a epidemia do Coronavírus.

No texto do PL, Chiodini solicita relativização das exigências previstas na Lei 6.360/76, na Resolução de Diretoria Colegiada - RDC nº 185, de 22 de outubro de 2001, Resolução de Diretoria Colegiada - RDC nº 10, de 20 de fevereiro de 2015 e na Resolução de Diretoria Colegiada - RDC nº 40, de 26 de agosto de 2015, bem como demais normas técnicas da ANVISA para fabricação e comercialização de ventiladores pulmonares durante o período da pandemia do COVID-19.

“O poder público precisa ter sensibilidade de simplificar os processos no combate ao Coronavírus. Diversas pessoas estão morrendo por falta de ventiladores no Brasil. O caso mais visível é o de Manaus. Empresas brasileiras têm produtos bons, acessíveis, eficazes e com preço mais baixo que os importados, e que já passaram por todos os testes clínicos e técnicos. Estamos propondo a flexibilização e simplificação dos processos de cadastro da empresa como fornecedora de insumos de saúde”, afirma Chiodini.

Para o deputado, é importante ressaltar que essa flexibilização não significa pular etapas e, sim, valorizar e utilizar produtos de qualidade produzidos no Brasil.

Aprovado projeto de Carlos Chiodini que pede flexibilização para fabricar e comercializar ventiladores pulmonares - Crédito: Divulgação

A fabricação e comercialização de ventiladores pulmonares ficariam autorizadas, em regime extraordinário, a qualquer empresa com condições técnicas, independentemente de seu objeto social, desde que cumpridos, cumulativamente, os seguintes requisitos:

I – Registro simplificado da empresa fabricante junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA;
II – Apresentação de projetos técnicos do Equipamento;
III – Comprovação da eficiência do equipamento.

“É de conhecimento público e notório os reflexos da pandemia do Coronavírus (Covid-19), especialmente pelo assoberbamento da rede de saúde brasileira, a qual necessita de medidas excepcionais de forma a permitir o seu regular e eficaz funcionamento em tempos de crise. Sabe-se que o Coronavírus é uma patologia altamente agressiva, que diminui de forma rápida a capacidade respiratória do infectado, exigindo na maioria dos casos, a intervenção com equipamento de ventilação pulmonar artificial”, destaca o deputado Carlos Chiodini.

O PL segue para o Senado Federal.

Veja também

Coluna do Moa - 2 de junho
Se o final de semana foi agitado? É claro que não, né!? Mais um final de semana em casa.
Rede Nossa: Após quebra-quebra no centro de Curitiba, terroristas do ANTIFA podem atacar Santa Catarina
Ato em protesto ao presidente Bolsonaro foi convocado pelas redes sociais
Rede Nossa: Após mais 59 casos confirmados de coronavírus, empresa em Corupá é interditada
A Polícia Militar foi comunicada e prestará apoio para que a determinação seja cumprida pelos responsáveis
Rede Nossa: CPI dos Respiradores tem reunião com depoimentos de ex-secretários
A CPI dos respiradores, que investiga a compra de 200 ventiladores pulmonares para combate à covid-19 pelo governo do Estado de SC, retoma a fase de depoimentos na tarde desta terça-feira (2)
Rede Nossa: Grupo hacker vaza dados pessoais do dono da Havan na internet
Informações foram retiradas do ar cerca de 1h15 após a publicação no Twitter