Rede Nossa: Advogado de Jaraguá do Sul recebe homenagem por serviços prestados à advocacia

Por: Charles Siemeintcoski Foto: OCP ONLINE
Compartilhe

O advogado de Jaraguá do Sul Romeo Piazera Júnior foi homenageado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seção de Santa Catarina, pelo seu desempenho e contribuição à causa da advocacia do Estado. A honraria se deve após a OAB catarinense completar 88 anos de atuação.

“Sua atuação é motivo de exemplo e orgulho e ficará como legado na história da OAB/SC”, diz o título honorífico.

A sessão de reconhecimento ocorre no próximo dia 21 de janeiro, às 19h, em Florianópolis, em uma Sessão Magna em comemoração aos 88 anos da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional de SC. Na oportunidade serão homenageados diversos advogados que contribuíram para o engrandecimento e fortalecimento da advocacia catarinense.

“Receberei, com muita humildade, uma homenagem pela atuação de quase 30 anos ininterruptos dedicados à advocacia de SC, uma vez que durante todo este tempo, sempre estive participando de modo ativo das atividades internas da OAB/SC e de modo especial da nossa 23a Subseção sediada aqui em Jaraguá do Sul que também é integrada pelos municípios de Guaramirim, Corupá, Schroeder e Massaranduba)”, informa Romeo Piazera à Revista Nossa.

O advogado,  que foi conselheiro aqui da Subseção de Jaraguá do Sul, participou de Comissões Temáticas diversas, do Conselho Subseccional, sendo que por duas gestões ocupou a função de Vice-presidente e uma vez de Presidente Subseccional (gestão 2013/2015).

No âmbito da OAB/SC, o advogado Romeo Piazera Junior foi  membro efetivo do Tribunal de Ética e Disciplina (TED), que possui a atribuição de julgar as questões e eventuais cometimentos de infrações ético-disciplinares, e durante os anos de 2016 a 2018 atuou como Conselheiro Estadual. 

“Sempre gosto de destacar que enquanto ocupava a função de Conselheiro Estadual, contando com o apoio fundamental do colega advogado Luis Fernando Almeida, que na época ocupava a função de vereador suplente na Câmara de Vereadores, assim como da Chefe de Gabinete da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Emanuela C. Wolf, do Procurador-geral do Município - Dr. Benedito Carlos Noronha, dos vereadores e especialmente do Prefeito Antídio A. Lunelli, conseguimos aprovar aqui em Jaraguá do Sul a primeira lei em âmbito nacional (federal, estadual e municipal), que tratou de qualificar como infração disciplinar, a prática por servidores públicos municipais de atos que violassem as prerrogativas dos advogados quando do exercício da função. Essa foi uma conquista muito grande e sem precedentes!”, recorda o advogado.

A Revista Nossa fez uma pergunta ao advogado Romeo Piazera Júnior sobre a conjuntura política e econômica e o Direito. Leia a resposta.

Revista Nossa - Como o senhor, como advogado, analisaria um quadro de instabilidade política e econômica em um país e como o direito poderia colaborar para equilibrar essas linhas tão tênues dentro de uma sociedade?

Primeiramente é importante registrar que o ano de 2020 foi especialmente atípico e diferente em tudo o que vivemos. A pandemia do coronavírus que virou o mundo de cabeça para baixo em 2020, influenciou e impactou nas relações sociais de todas as formas, seja na própria sociedade, nas famílias, no trabalho etc. 

Podemos arriscar que o mundo foi um até a Covid-19 e será outro após ela.  Muitos reflexos serão sentidos e permanecerão incorporados na nossa sociedade, mesmo antevendo e desejando que a pandemia tenha um fim, e neste caminho acreditando que a imunização através da vacinação será exitosa.

É certo que também vivemos há muitos anos em um quadro de instabilidade política, que gera efeitos cruéis, e um deles pode ser sentido da pior maneira no ambiente da economia. Sempre dissemos que quando a economia vai bem, temos baixíssimos índices de inflação, imperando o desenvolvimento e arrojo da classe empreendedora brasileira que é muito resiliente e critativa, e com isso gerando e mantendo postos de trabalho, e em uma sociedade onde há o trabalho, existe a plena condição para que as pessoas possam se desenvolver com qualidade de vida em todos os sentidos.

Acredito que no âmbito de uma sociedade que possui Instituições sólidas tais como a OAB, o Poder Judiciário, o Ministério Público (em todos os seus níveis e esferas), a Polícia Civil, Polícia Militar, Entidades de Classes Empresariais e Profissionais, os Poderes Executivo e Legislativo, há a necessidade para que haja uma atuação coordenada e convergente de todos, pois não existe fórmula mágica e nem receita de bolo para que os conflitos e problemas que existem, possam ser resolvidos.

O direito possui fundamental importância na proposta para a construção e manutenção de uma sociedade cada vez mais ordeira e desenvolvida, pois deve garantir as condições legais e neste sentido dar segurança jurídica para que a engrenagem social funcione como deve funcionar, atuando como instrumento garantidor para a sociabilidade humana em todas as suas vertentes.  

 

Veja também

João Pessoa vence a Taça Jaraguá de Futebol
Competição que substituiu o tradicional Campeonato Varzeano terminou no último sábado.
Prefeitura inaugura nesta quinta-feira nova policlínica
Estrutura irá funcionar anexa à Galeria Park Menel e é fruto de parceria entre a Secretaria de Saúde e a Faculdade Estácio.
Palco itinerante de Natal começa hoje a circular pelas ruas de Jaraguá
Roteiro segue até domingo por todas as regiões da cidade.
Festival de Teatro tem duas noites de apresentações
Ao todo 18 peças serão encenadas entre hoje e amanhã no palco do Pequeno Teatro da SCAR.
Agricultura na Praça divulga o trabalho de produtores locais
Iniciativa distribuiu mudas de hortaliças e serviu para valorizar o trabalho do produtor rural.