Prisão do suspeito de matar PM de Blumenau, banido revela medo de morrer.

Por: Revista Nossa Foto:
Compartilhe

 

Homem teria se ajoelhado e pedido para não ser morto, segundo apurou a NSC TV

 
   
 
Foragido era alvo de buscas de policiais há duas semanas  
Foragido era alvo de buscas de policiais há duas semanas
(Foto: Divulgação/PCSC)
     

O homem apontado como responsável pela morte do policial militar rodoviário Alexandre Maciel, atropelado no último dia 24 de abril, em Massaranduba, teria chorado ao ser capturado por policiais neste sábado (7), com medo de ser morto. Ele teria ainda se ajoelhado e pedido para não ser executado, segundo uma fonte ligada à captura afirmou à NSC TV.

?

O suspeito foi detido em uma operação da Polícia Civil em Blumenau, no Vale do Itajaí, apoiada pela Polícia Militar, após o recebimento de uma denúncia. Ele estava escondido em um apartamento na rua João Pessoa, no bairro Velha.

No local, foi também apreendida uma porção de cocaína, comprimidos de ecstasy e uma balança de precisão, também segundo noticiou a NSC TV. Por conta disso, o homem agora preso também deverá responder por tráfico de drogas.

As autoridades ainda não esclareceram de quem era o imóvel em que ele estava. A principal suspeita é de que o apartamento estivesse sob a responsabilidade de uma mulher que deliberadamente acobertava o homem preso no local. Ela também deverá ser autuada em flagrante delito por tráfico.

Cerca de 30 policiais participaram da operação de captura. O suspeito não ofereceu resistência ao ser detido nem tinha arma de fogo sob sua posse, segundo o delegado Rodrigo Raitez, à frente da ação policial, confirmou em entrevista ao Santa.

Na ocasião da captura, os policiais teriam montado um cerco ao prédio em que o suspeito se escondia. O homem deveria ser surpreendido pela operação, mas a mulher que acompanhava ele acabou indo a uma sacada do imóvel naquele momento, quando viu dois delegados em frente ao local.

As autoridades afirmaram então que o melhor era que se entregassem, o que a dupla acatou. Quando os policiais entraram pela porta do apartamento, o suspeito já se ajoelhou em súplica para não ser morto, também conforme apurou a NSC TV.

Após ser capturado, ele foi encaminhado para a Central de Plantão Policial (CPP) na cidade. Depois disso, ele deveria passar por audiência de custódia junto à Justiça e, posteriormente, ser entregue ao sistema prisional.

 

Além do atropelamento, o suspeito deverá responder pelos outros crimes que teria cometido desde então. Ele já era considerado foragido por ter de cumprir pena em Blumenau, mas não ter retornado à prisão após ter uma saída autorizada em março.

O suspeito já era alvo de buscas intensas de policiais desde o dia da morte do cabo Maciel. Ele é apontado como autor de homicídio por ter desobedecido uma ordem de parada naquela ocasião e ter atropelado o policial em trecho da SC-108. O homem agora preso fugia de uma outra guarnição em alta velocidade quando cometeu o suposto crime.

Ele já havia sido visto pela PM na sexta-feira da última semana (29), ocasião em que conseguiu, no entanto, empreender fuga. O suspeito havia passado a noite anterior em uma casa de Massaranduba, na qual fez uma família de refém. Passada aquela madrugada, ele fugiu em direção a Blumenau, onde conseguiu escapar após perseguição.

Já na terça (3), ele fez uma nova pessoa de refém, desta vez em Blumenau, ao abordar um carro e exigir que fosse levado pelo motorista ao bairro Badenfurt. A vítima não ficou ferida.

Veja também

Coluna do Moa desta quarta-feira
FAISCA Por favor gente, não convide para sentar na mesma os vereadores Jeferson Cardoso e...
Vamos falar sobre vidros?
São tantas as opções que muitas vezes o cliente pode não saber o que fazer no momento da escolha.
Asfaltamento da Rua 13 de Maio deve continuar em breve
Empresa responsável pelo novo trecho já foi conhecida por meio de licitação.
Central de Imunização do Centro fecha mais cedo amanhã
O motivo é a capacitação de rotina da equipe do posto.
Vôlei jaraguaense carimba o passaporte para a Olesc
Time venceu todos os jogos da etapa regional por três sets a zero e passou para a próxima fase.
Jaraguá promove evento LGBTQIA+
Encontro ocorreu no último sábado e contou com diversos serviços e apresentações.