Presidente da Câmara de Vereadores Dico Moser estampa a capa da Revista Nossa de fevereiro

Por: Rosana Ritta Foto: Jéssica Kopsch
Compartilhe

Tecnologia e transparência rumo ao futuro

“Quando se investe em tecnologia automaticamente se investe em transparência e agilidade.” É com este pensamento que o vereador Isair Moser (PSDB), popularmente conhecido como Dico, assume a missão de presidir a Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul no primeiro semestre deste ano. O vereador tucano assumiu oficialmente o cargo no dia 1º deste ano. Seu nome foi referendado para o comando do Legislativo jaraguaense em eleição ocorrida no dia 19 de dezembro de 2019, durante a última sessão ordinária do ano legislativo.

Dico, que obteve nove votos para a função, compõe a Mesa Diretora juntamente com os vereadores Eugênio José Juraszek (PP), na condição de vice-presidente, Celestino Klinkoski (PP) como 1º secretário e Ronaldo Magal (PSD), 2º secretário. Assim que soube do resultado, Dico subiu à tribuna para destacar sua determinação em dar continuidade ao bom trabalho que, segundo ele, vinha sendo desenvolvido na Câmara.

Dico, apesar do óbvio vínculo partidário, também faz questão de frisar que assume a presidência da Câmara para todos. Ele tem plena convicção de que seu propósito é ser o “presidente da Câmara de Vereadores, independente de sigla partidária”. Afinal, a presidência da Câmara de Vereadores, mais do que um cargo político é também um cargo administrativo, pois as funções do Legislativo precisam fluir como a legítima casa do povo, onde seus representantes foram eleitos para atender aos interesses comunitários e fiscalizar as ações do Executivo, garantindo a harmonia entre os poderes constituídos.

Neste sentido, Dico se diz determinado a continuar trabalhando em harmonia com os demais legisladores, defendendo sempre as parcerias com o Poder Executivo, mas sempre com o respeito e a independência entre os poderes. “Certamente, nossa intenção é sempre aprovar o que é bom para Jaraguá do Sul e para o munícipe”, destaca.

Durante sua gestão como presidente, o vereador pretende cumprir o compromisso assumido quando de sua eleição, de dar continuidade a projetos já implantados pela gestão anterior, tendo como principal foco a modernização da tecnologia.

Um olhar sobre o futuro

Para o presidente da Câmara, que já assumiu várias funções na condição de gestor público, é imprescindível para qualquer administração  ter  um olhar no futuro para acompanhar e garantir a agilidade que as novas demandas exigem. Para tanto, entende que é necessário investir em capacitação de pessoal, com quem sempre manteve excelente e respeitoso relacionamento, e tecnologia de informatização.

Portanto, Dico vai dar continuidade ao Processo Legislativo Digital, agregando a última etapa da implantação do projeto, que se refere à segurança de arquivos e o módulo para o Poder Executivo, que permitirá a eliminação total de papel no processo, vindo ao encontro da economia e da sustentabilidade exigidas pelas novas questões ambientais, seguindo também com o projeto piloto de digitalização das atividades financeiro-administrativas.



Mesa Diretora da Câmara de Vereadores para 2020.

Nesta mesma linha de continuidade de economia de recursos e agilidade nos trabalhos, tem como expectativa a implantação na Câmara do Plano Diretor de Tecnologia e Informática, com diretivas sobre todos os aspectos tecnológicos da Câmara de Jaraguá do Sul, inclusive com reforço no setor de T.I., tornando-o um setor independente, assim com o ocorre em outros órgãos públicos do município e de outras câmaras de vereadores.

Dentro do quesito tecnologia, a aquisição de novas licenças de softwares vai dar continuidade à atualização iniciada pela mesa diretora anterior e aprovada por todos os vereadores. ‘Com o objetivo de futuramente termos um trabalho mais eficiente e com maior qualidade, pretendo fazer um estudo para verificar a viabilidade da construção de uma nova sede do Legislativo, uma vez que o terreno já foi adquirido.”

A necessidade de uma nova sede para a Câmara de Jaraguá do Sul, já que a atual sede, adquirida há mais de 20 anos, não tem espaço físico para ampliação, vem sendo discutida por sucessivas legislaturas, mas o projeto ainda não saiu do papel.

A simplicidade do filho do seu Tercílio e da dona Anna

Isair Moser, o Dico, é um homem simples, pai de dois filhos, Cintia e Isair Jr., avô do Vinicius – aliás, o menino é o grande amor do vovô, que constantemente compartilha em suas redes sociais fotos de momentos divertidos entre os dois, falando da experiência mágica de ter um neto -, e viúvo da inesquecível companheira de décadas de amor e realizações, Monica Radtke Moser. Dico considera a família um dos maiores e mais importantes legados. “É na família que aprendemos a amar o próximo, o respeito pelas pessoas e a viver em sociedade”.

Formado em Técnico de Alimentos e pós-graduado em Gestão Ambiental, sempre se revelou um cidadão atuante e participativo em causas sociais, convivendo diariamente com a população, ouvindo seus anseios e presenciando suas necessidades. Resolveu entrar na vida pública para ser um portador da voz do povo e proporcionar o bem-estar comum.

A família de Dico Moser, sempre presente em sua caminhada política.

Filho de Tercilio e Anna Moser, casal que se mudou de Rodeio para Jaraguá do Sul em 1964, com os filhos pequenos para tentar melhores condições de vida para família, Dico tem imenso carinho pelos pais, e sabe que é abençoado por ainda tê-los presentes em sua vida. O pai tem 97 anos e a mãe, 94.  Ele costuma dizer que é dos pais que obteve o exemplo de trabalho, honestidade e perseverança que marca sua trajetória. Dico não tem medo de arregaçar as mangas e trabalhar. Iniciou bem cedo, há mais de 40 anos, quando em 1973, aos 12 anos, teve sua primeira experiência profissional como funcionário numa lavação de carros.

Em 1978, teve seu primeiro emprego concursado no Senai, como secretário. Em 1980, foi servir em Brasília na Polícia do Exército. Também atuou como bancário no extinto Banco Nacional, e trabalhou na Weg Motores como programador de produção. Logo após, iniciou uma carreira de empreendedor, onde teve ainda maior contato com o público, como empresário no ramo de alimentos, conjuntamente com uma pequena empresa de filmagens e eventos, a Dico Moser Produções.

Ao mesmo tempo foi se envolvendo com trabalhos na comunidade jaraguaense, entre eles foi presidente da APP da Homago (Escola Holando Marcelino Gonçalves). Sua veia comunitária também fez com que sempre estivesse muito presente em entidades religiosas, como colaborador e festeiro.

Esporte, outra paixão revelada

Muito do seu círculo de amizade envolvem pessoas ligadas ao esporte. Já foi diretor de Esporte do Futebol no Clube Atlético Baependi.  E revela uma outra faceta de sua personalidade que só os muito chegados sabem. Dico tem o futebol como uma grande paixão, tanto que participa até hoje como atleta. É forte apoiador também do esporte amador.

Na primeira vez em que concorreu, elegeu-se como suplente e assumiu por dois meses uma cadeira na Câmara de Vereadores. Na segunda tentativa, elegeu-se novamente como suplente, mas não chegou a assumir. Impulsionado pelo desejo de ajudar e melhorar a qualidade de vida dos jaraguaenses, candidatou-se pela terceira vez, sendo eleito.

Tem experiência também no Executivo, pois atuou como diretor na Secretaria de Obras e como presidente do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto).

A atuante atividade parlamentar

Na atual legislatura, que vai de 2017 a 2020, Dico se elegeu como vereador com 1.321 votos. Nos primeiros três anos, apresentou 798 indicações na área de infra- estrutura, social, educacional, de segurança e saúde, esporte, cultura, lazer, meio ambiente e acessibilidade.

Moser também foi coautor do projeto do Portal da Transparência, que facilitou acesso dos munícipes às informações da Câmara.

Seu lema: Família, Trabalho e Transparência.

Apresentou ainda 34 moções de apoio em temas relevantes visando o bem-estar dos munícipes e da população. Também foram apresentados e aprovados 32 projetos de lei em diversas áreas.

As parcerias com entidades privadas deverão continuar, apoiando projetos nas áreas da saúde, educação e assistência social, segurança, meio ambiente, apoiando entidades que se preocupam em resgatar e proteger tanto a vida animal quanto a humana, colaborando assim com a sustentabilidade, o respeito a vida, e o desenvolvimento sócio econômico do município.

O vereador também destaca uma informação importante e que nem sempre os munícipes compreender, mas que nunca é demais lembrar: “O nosso papel de vereador não é de executor, de fazer obras, função esta que compete ao Executivo, isto é, ao prefeito. Vereador analisa, indica os projetos e aprova-os ou não. Tem como função  representar os interesses da população perante o poder público e fiscalizar o cumprimento das leis e a correta destinação de recursos”.

 “Tendo Deus como princípio e razão da vida, a minha bandeira para a legislatura da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul será sempre em defesa da vida e do desenvolvimento sustentável, trabalhando e realizando o papel que me foi confiado pelos eleitores”, finaliza.

Veja também

Karinah confirma sua primeira live com participações especiais
Dudu Nobre, Arlindinho Cruz, Kaique, vocalista do grupo Di Propósito, alguns nomes que já confirmaram participação.
A jaraguaense  Alana Rauber atinge um milhão de seguidores no Tik Tok.
Ela também está perto de atingir 100 mil seguidores no Instagran
A força feminina na Câmara de Jaraguá do Sul
Ela foi eleita com o maior número de votos entre as mulheres.
Patrícia Weirich estreia como colunista na Revista Nossa
A profissional dividirá experiências com amantes de perfumaria internacional.
Comunidade se mobiliza para construir Cristo Protetor de Encantado
Primeiro passo para a construção do monumento foi dado em 2019.