Onde passar o Réveillon 2022?

Por: Revista Nossa Foto: Divulgação
Compartilhe

O Réveillon 2022 será especial, afinal tem muita gente ansiosa para ver o ano chegar ao fim! Brincadeiras à parte, quem planeja viajar no Ano Novo deve estar ciente de que as festas ainda podem ser um pouco diferentes dos anos anteriores e muitos viajantes têm escolhido opções não tão triviais com o objetivo de evitar aglomerações e curtir a virada do ano com segurança.

Com a incerteza da reabertura de fronteiras internacionais, pode ser uma boa ideia pensar em um local no Brasil para passar a virada. Viajar de carro para um destino próximo de sua cidade ou alugar uma casa são tendências do momento e uma opção relativamente fácil para fugir da rotina e aproveitar as festas de fim de ano.

Importante: em razão da pandemia, lugares que costumavam ficar mais cheios no fim de ano devido às festas particulares podem estar bem mais vazios nesse 2021/2022, então é importante ir acompanhando a flexibilização das medidas restritivas. Além disso, vale checar junto à prefeitura as restrições do lugar para onde você pensa em viajar, já que isso também poderá variar até o fim do ano.

Caso vá para o exterior, o cuidado deve ser ainda maior e listamos aqui alguns destinos que já abriram fronteiras e estão aceitando a visita de brasileiros. Muita atenção quanto às exigências sanitárias para evitar perrengues na hora do embarque e desembarque.

Estados Unidos

Para entrar no país o brasileiro deve estar há pelo menos 14 dias com o esquema completo de qualquer vacina aprovada pela OMS (todas as vacinas aplicadas no Brasil estão incluídas) e apresentar um teste negativo PCR colhido até 72 horas antes do embarque ou antígeno colhido dentro das 48 horas antes do embarque. Menores de 18 anos precisam apenas apresentar teste negativo (PCR ou antígeno).

França

A França está aberta a brasileiros vacinados com algum desses esquemas: 2 doses de AstraZeneca; 2 doses de Pfizer; dose única da Janssen; 1 dose de AstraZeneca + 1 dose de Pfizer ou 2 doses de Coronavac + 1 dose de Pfizer. Para entrar em museus, atrações turísticas, restaurantes e andar de trem é preciso emitir um “passe sanitário”.

Para isso, basta levar o seu certificado de vacinação brasileiro a uma farmácia credenciada e lá eles fazem a conversão para o passe sanitário francês.

Alemanha

A Alemanha está aberta a brasileiros que tenham se vacinado há 14 dias com duas doses de AstraZeneca ou Pfizer ou a dose única da Janssen. Crianças até 11 anos acompanhando adultos vacinados não precisam estar imunizadas.

Bélgica

Aceita brasileiros completamente vacinados há pelo menos 14 dias com vacinas aprovadas pela EMA: AstraZeneca, Pfizer, Janssen e Moderna. Coronavac ainda não é aceita. Ao chegar é preciso fazer um teste PCR e aguardar o resultado em isolamento.

Croácia

A Croácia voltou a exigir a quarentena de 14 dias de viajantes provenientes do Brasil. Além do auto-isolamento, é preciso apresentar teste PCR negativo e ter a hospedagem paga antecipadamente.

Espanha

Desde 24 de agosto brasileiros com esquema vacinal completo há 14 dias podem entrar no país. Todas as vacinas aplicadas no Brasil são aceitas e todos os maiores de 12 anos precisam estar vacinados.

Grécia

A Grécia foi o primeiro país europeu a aceitar oficialmente viajantes vacinados com vacinas ainda não aprovadas pela EMA, como a Coronavac. No entanto, o visitante precisa vir de uma lista de países pré-aprovados da qual o Brasil não faz parte.

México

O México não tem nenhuma exigência sanitária. Não é preciso vacina, nem mesmo teste PCR.

Entretanto, o país vai voltar a exigir visto de entrada de brasileiros.

Canadá

Brasileiros totalmente vacinados há pelo menos 14 dias com a Pfizer, Janssen, Moderna e AstraZeneca podem entrar no país. Coronavac ainda não está habilitada. Além da vacina é preciso fazer um teste RT-PCR 72 horas antes do embarque e preencher o formulário ArriveCAN também até 72 horas antes do voo.

Dubai

A Emirates voltou a vender passagens a brasileiros com destino final Dubai. Eles podem entrar nos Emirados Árabes apenas com teste PCR negativo e ainda não foi anunciada nenhuma política de entrada vinculada à vacinação.

Maldivas

Todos os viajantes precisam apresentar um teste PCR negativo feito até 96 horas antes da chegada.

*Verifique sempre se a companhia aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Veja também

Coluna do Moa desta quarta-feira
FAISCA Por favor gente, não convide para sentar na mesma os vereadores Jeferson Cardoso e...
Vamos falar sobre vidros?
São tantas as opções que muitas vezes o cliente pode não saber o que fazer no momento da escolha.
Asfaltamento da Rua 13 de Maio deve continuar em breve
Empresa responsável pelo novo trecho já foi conhecida por meio de licitação.
Central de Imunização do Centro fecha mais cedo amanhã
O motivo é a capacitação de rotina da equipe do posto.
Vôlei jaraguaense carimba o passaporte para a Olesc
Time venceu todos os jogos da etapa regional por três sets a zero e passou para a próxima fase.