Rede Nossa: O recado do General é claro. Tentem se impor e verão o peso da 'espada'

Por: Revista Nossa Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou à Procuradoria Geral da República (PGR) pedidos de apreensão dos celulares do presidente Jair Bolsonaro e do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos/RJ). Além disso, ele encaminhou um pedido de parlamentares para a realização de oitiva do chefe do Executivo no âmbito do inquérito sobre interferência política na Polícia Federal.

Além de Bolsonaro, os autores também pedem que o celular do vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, seja apreendido. Quem analisa as ações é o Procurador-geral da República, Augusto Aras, que não tem prazo para decidir.

Ao encaminhar as solicitações, Celso de Mello destacou que é papel do Estado apurar acusações criminais feitas por qualquer pessoa. “A indisponibilidade da pretensão investigatória do Estado impede, pois, que os órgãos públicos competentes ignorem aquilo que se aponta na “notitia criminis”", argumenta Mello no processo.

"Motivo pelo qual se torna imprescindível a apuração dos fatos delatados, quaisquer que possam ser as pessoas alegadamente envolvidas, ainda que se trate de alguém investido de autoridade na hierarquia da República, independentemente do Poder (Legislativo, Executivo ou Judiciário) a que tal agente se ache vinculado”, prossegue o magistrado.

 

Veja também

Coluna do Moa - 2 de junho
Se o final de semana foi agitado? É claro que não, né!? Mais um final de semana em casa.
Rede Nossa: Após quebra-quebra no centro de Curitiba, terroristas do ANTIFA podem atacar Santa Catarina
Ato em protesto ao presidente Bolsonaro foi convocado pelas redes sociais
Rede Nossa: Após mais 59 casos confirmados de coronavírus, empresa em Corupá é interditada
A Polícia Militar foi comunicada e prestará apoio para que a determinação seja cumprida pelos responsáveis
Rede Nossa: CPI dos Respiradores tem reunião com depoimentos de ex-secretários
A CPI dos respiradores, que investiga a compra de 200 ventiladores pulmonares para combate à covid-19 pelo governo do Estado de SC, retoma a fase de depoimentos na tarde desta terça-feira (2)
Rede Nossa: Grupo hacker vaza dados pessoais do dono da Havan na internet
Informações foram retiradas do ar cerca de 1h15 após a publicação no Twitter