Natal 2021 pede decorações minimalistas

Por: Revista Nossa Foto: Divulgação
Compartilhe

Já estamos nos aproximando da época mais festiva do ano e o Natal 2021 vai trazer consigo algumas novidades no tocante à decoração. O exagero do kitsch dá espaço para o minimalismo, com adornos clássicos chegando em cores neutras. Os tempos mudaram mesmo!

Sejam membros da religião cristã ou não, o Natal é sempre uma data favorável para reunião em família no Brasil. É a oportunidade que muitos encontram para rever e presentear as pessoas queridas.

Principalmente em um momento quase pós pandemia, esses encontros ganharam nova configuração de peso, sendo mais relevantes ainda, afinal, muitos, principalmente os mais velhos, passaram longos meses sem ver os parentes e agora, com duas doses de vacina já garantidas, vislumbram um futuro de maior união com os entes queridos. De fato, há muito o que comemorar neste final de ano!

Fatores como estafa mental e desgastes psicológicos causados também pela pandemia, associados às questões econômicas estão entregando ao setor de decoração de Natal uma possibilidade de inovar. Assim, as decorações menos “acaloradas” vêm fazendo mais sucesso que as decorações exorbitantes. O termo “você está parecendo uma árvore de Natal”, usado para descrever uma pessoa que se veste de maneira exagerada pode deixar de existir, pois os pinheiros tendem a ser mais discretos do que nunca.

Essa tendência de Natal menos decorado não significa exatamente uma festa morna ou mais triste, embora a pandemia ainda reflita no evento, e sim uma novidade de estilo natalino. Na verdade, essa predisposição de um Natal mais discreto já estava ganhando forma mesmo antes de 2020. Agora é possível que a moda pegue, ou não.

Cores

Conforme já mencionado, as cores para o Natal 2021 virão mais neutras, tendo o beige plage e massai como base para uma decoração mais tímida, porém muito elegante.

O azul marinho tende a vir nas bolas, estrelas e papéis de presente, sendo um marinho com o tom metalizado que, quando aplicado por cima de uma peça beige, remetem à inteligência e refinamento.

É possível encontrar nas prateleiras também mais peças no verde, porém desta vez saindo do tradicional verde bandeira para um tom fechado, quase musgo.

É possível que o vermelho seja substituído pelo prata ou até mesmo o branco, pois a “cor de sangue” remete a cansaço para os olhos, podendo os decoradores e consumidores, de forma geral, optarem por cores menos desgastantes.

Tendências mais fortes

Alguns acessórios virão com tudo e comporão esse Natal que, embora visualmente menos cansativo, tem tudo para ser mais requintado.

São esses enfeites: velas enfeitadas com laços dourados, prateados ou bronzeados, decorações de portas e jogo americano em artesanatos como crochê e macramê, enfeites confeccionados pelas crianças da família, copos e taças mais elaborados e enfeites com Papai Noel vestido de cor diferente do vermelho.

 

Neste ano os enfeites de Natal vêm em tons mais discretos, trazendo um ar de requinte para a decoração.

Veja também

Encontrada mulher desaparecida na Praia Brava
O desaparecimento de Simone estava sendo divulgado por amigos
Dono de construtora de Balneário Camboriú é executado dentro de loja
Ele foi morto a tiros e polícia acredita que pode ter sido um latrocínio    
Prefeitura adere ao programa Sebraetec
Cidade será a primeira cidade do Estado a desenvolver o programa, que visa apoiar micro e pequenas empresas.
Cresce o movimento nas farmácias SUS do município
No mês de junho mais de mil atendimentos foram registrados ao dia.
GLOBO é condenada a pagar indenização milionária a ex- apresentadora.
Ela deixou a emissora em janeiro do ano passado.