Não existe idade limite para realizar uma cirurgia plástica, afirma Dr. Rodrigo Agacy

Por: Estética - Por Dr. Rodrigo Agacy e Dra. Ana Paula Passini
Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe

A rotina diária de um Cirurgião Plástico não é nem um pouco monótona. Se dividindo entre consultas e cirurgias, o cirurgião prima pela perfeição em todos os seus campos de atuação. Apesar do público feminino ser mais frequente nos consultórios desta especialidade, cada paciente é diferente tanto nas dúvidas a serem questionadas durante uma avaliação quanto nos procedimentos a serem realizados. Uma das perguntas mais comuns no consultório de um Cirurgião Plástico é: qual a idade limite para se fazer uma cirurgia plástica? Ou à partir de qual idade pode ser realizada uma cirurgia plástica?; Devido ao grande número de procedimentos que a especialidade envolve, existem algumas cirurgias que são mais comuns em cada faixa etária. Nos bebês e crianças pequenas geralmente as cirurgias são para correção de casos de malformação congênita, como fissuras faciais, lábio leporino além das malformações da parede abdominal. À partir dos sete anos já é possível realizar a correção de orelhas em abano, a otoplastia, pois a formação da cartilagem já está completa nessa idade.

Resultado de imagem para cirurgia plastica idoso

A Cirurgia de nariz (rinoplastia) pode ser realizada já na adolescência, e pode envolver a parte estética juntamente com a funcional, corrigindo desvio de septo e alterações de cornetos nasais. Entre pacientes jovens dos 18 aos 30 anos, a maior procura é por lipoaspiração, feita tanto em homens quanto em mulheres, e pelas próteses de mama nas mulheres. Já entre os 30 aos 40 anos, a busca é pela mamoplastia com ou sem a colocação de próteses principalmente nas mulheres que já amamentaram. Também há grande procura, tanto pelos homens quanto pelas mulheres, por cirurgias de pálpebras (blefaroplastias), e pelas cirurgias no abdômen, como a dermolipectomia associada ou não a lipoaspiração, além da lipoaspiração somente. Pacientes acima dos 50 anos procuram mais por cirurgias de rejuvenescimento facial além das lipoabominoplastias e mamoplastias já citadas anteriormente.

Nesta faixa etária, devido ao envelhecimento natural da pele, a procura por ritidoplastia (combinação de lifting de face e cirurgia das pálpebras) torna-se mais comum, ou porque a face é a parte do corpo que passa a incomodar mais ou porque a paciente já realizou os outros procedimentos cirúrgicos quando mais jovem. Porém outros procedimentos também podem ser feitos nessa idade. Não é raro que a paciente manifeste o desejo de colocar implantes de silicone nas mamas, pois com a chegada da menopausa algumas mulheres tem perda acentuada do volume mamário. Como em toda Cirurgia Plástica, a segurança do paciente é um aspecto muito importante. Exames de laboratório, exames de imagem e uma boa avaliação cardiológica e pré- anestésica são essenciais em todos os casos. Além disso, por não se tratar de cirurgia de urgência, todo problema de saúde deve ser resolvido ou controlado antes da cirurgia. Resumindo: estando o paciente em boas condições de saúde, não existe idade limite para realizar uma cirurgia plástica.

Dr. Rodrigo Agacy
CRM-SC 15.458
agacyepassini.com.br

Veja também

As mulheres o tabagismo e a gravidez
Conheça os riscos e livre-se o quanto antes desse hábito nocivo.
Dia Nacional de Combate a Sífilis chama atenção para a doença
O dia 16 de outubro marca a data, mas orientações, testes rápidos e acesso facilitado ao tratamento fazem parte da rotina diária da saúde.
Boletim coronavírus do dia 21 de outubro de 2021
Nas últimas 24 horas foram 25 novos casos e 50 pessoas recuperadas.
Vacinação de adolescentes contra a Covid é retomada em Jaraguá
Quem tiver idade entre 12 e 17 anos pode procurar a Central de Vacinas acompanhado dos pais ou portando declaração que os autoriza a tomar o imunizante.
Boletim coronavírus do dia 20 de outubro de 2021
Nas últimas 24 horas foram 39 novos casos e 43 pessoas recuperadas.
Combate à Covid-19: mais de 2.500 doses foram aplicadas no fim de semana
Procura maior tem sido pela segunda dose, mas município liberou também dose de reforço para os profissionais da saúde que receberam as duas doses até 30 de abril.