Juiz é afastado em operação que investiga facções criminosas em SC

Por: Revista Nossa Foto:
Compartilhe
   

Mandados de busca e apreensão foram cumpridos na casa e no gabinete do magistrado no Fórum

Mandado de busca e apreensão foram cumpridos no gabinete do magistrado, no Fórum de Joinville – Foto: Carlos Jr./ND Mandado de busca e apreensão foram cumpridos no gabinete do magistrado, no Fórum de Joinville – Foto: Carlos Jr./ND

O afastamento do juiz Décio Menna Barreto de Araújo Filho, do Juizado Especial Criminal, aconteceu no início do mês de outubro e faz parte da segunda fase da operação, deflagrada pelo Gaeco (Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas) com apoio da DIC (Divisão de Investigação Criminal), no mês de agosto.

A investigação, coordenada pela 13ª Promotoria de Justiça, revela detalhes de como funcionava o esquema e, segundo o MPSC (Ministério Público de Santa Catarina), há provas que incriminam advogados e um agente penitenciário, como documentos, depoimentos e interceptações telefônicas, que embasaram a prisão dos envolvidos na primeira fase da operação.   Entre os presos está Albani Bergamini, com quem o juiz já manteve um relacionamento, considerada a “gravata” da facção catarinense e quem atuava como “advogada da nação”, prestando serviços a integrantes e simpatizantes da facção.

Todo o processo segue em segredo de Justiça e, com a investigação chegando a um magistrado, passa a ser obrigatoriamente monitorada pelo TJSC, acompanhada especialmente pela corregedoria.

Após escutas telefônicas, o juiz foi alvo de mandado de busca e apreensão em seu gabinete e sua residência, e teve aparelhos celulares apreendidos, culminando com seu afastamento mediante determinação judicial, inclusive, com publicação no site do TJSC e no Diário da Justiça, apontando, ainda a juíza substituta, que já está atuando na Vara.

Veja também

João Pessoa vence a Taça Jaraguá de Futebol
Competição que substituiu o tradicional Campeonato Varzeano terminou no último sábado.
Prefeitura inaugura nesta quinta-feira nova policlínica
Estrutura irá funcionar anexa à Galeria Park Menel e é fruto de parceria entre a Secretaria de Saúde e a Faculdade Estácio.
Palco itinerante de Natal começa hoje a circular pelas ruas de Jaraguá
Roteiro segue até domingo por todas as regiões da cidade.
Empresa brasileira cria máscara capaz de matar coronavírus
Equipamento da Golden Technology ainda é eficaz contra a variante Delta
Homem acusado de estuprar mulher com vibrador é preso
O homem de 31 anos é acusado de estuprar uma mulher de 57 anos.
Atriz global morre nesta terça-feira
A família não divulgou a causa da morte