Eventos voltam a ser permitidos em SC após acordo entre entidades

Por: Revista Nossa Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe

O governo do estado irá publicar nesta sexta-feira (30) uma portaria que libera a volta gradual do setor de eventos em Santa Catarina. A expectativa da Fecomercio/SC é de que casamentos e festas de aniversário, com limitações e regras sanitárias, voltem a ocorrer no Estado, depois de mais de um ano.

  Setor de eventos está parado desde o dia 17 de março de 2020 em Santa Catarina 

De acordo com o presidente da Câmara Empresarial de Turismo da Fecomércio SC e da Federação dos Convention Bureau de Santa Catarina, Marco Aurélio Floriani, uma proposta foi definida em reuniões com a SES (Secretaria de Estado da Saúde) e com a Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica).

“Discutimos as alternativas, a secretária Carmen Zanotto se mostrou preocupada com o setor, que ate hoje não voltou, está fechado desde 17 de março de 2020”, explica Floriani.

O que ficou definido entre as partes é um retorno gradual de eventos sociais e corporativos. Isso inclui casamentos e festas de aniversário de 15 anos, por exemplo.

Mas os eventos terão que ser realizados com um alto controle sanitário, destaca Marco Aurélio Floriani. As festas serão de pequeno porte, com lista de presença que controle casos ativos de Covid 19, e claro, seguindo todos os protocolos de segurança contra a proliferação do vírus.

De acordo com a assessoria da secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, a portaria será publicada ainda nesta sexta (30).

Veja também

AGORA - Carlos Moisés é absolvido no processo dos respiradores
Confira como fica a situação do governador
Vereadores encaminham pedidos para pavimentação de rua, construção de calçada e muretas em pontes
Guaramirim
Presidente da Camarra Onésimo Sell está com a corda toda.
A semana foi recheada de visitas e reuniões.
Secretaria de Saúde define novos grupos para vacinação contra a covid-19
Vacinação começa nesta quinta-feira
AGORA - Advogado de defesa de Fabiano Kipper Mai fala sobre o caso
Na noite desta quarta-feira, Justiça determinou a prisão preventiva do suspeito por matar cinco pessoas em uma creche em Saudades