Dia Mundial do Doador de Sangue

Por: Dicas do Dr. Vicente
Foto: Divulgação
Compartilhe

Durante a pandemia, vimos os estoques dos bancos de sangue caírem quase a zero por falta de doadores. E ainda estão bem abaixo de um nível seguro.

É compreensível que as pessoas, com medo de se contaminarem, tenham ficado mais em casa e deixado de doar, mas não é mais preciso ter medo. A vacinação controlou a pandemia e os hemocentros estão com todas as instalações adequadas, com as melhores condições sanitárias para receber os doadores sem risco de contaminação.

 

A doação de sangue salva vidas

O sangue é essencial para tratamentos e cirurgias de urgência e emergência e pode ajudar pacientes que sofrem risco de vida, além de apoiar procedimentos médicos e cirúrgicos complexos. O sangue também é vital para o tratamento de feridos durante emergências de todos os tipos e tem um papel essencial nos cuidados maternos e neonatais.

O sangue é insubstituível e não pode ser produzido artificialmente. Somente o sangue humano doado, coletado e armazenado nos hemocentros pode ser usado quando se faz necessária uma transfusão para salvar um paciente.

Todo sangue doado é separado em diferentes componentes, como hemácias, plaquetas e plasma e, assim, apenas uma unidade coletada pode beneficiar vários pacientes.

A quantidade de sangue retirada não afeta a saúde do doador, pois a recuperação ocorre imediatamente após a doação. Uma pessoa adulta tem, em média, cinco litros de sangue e em uma doação são coletados no máximo 450 ml. É pouco para quem doa e muito para quem precisa!

Doar sangue não engorda nem emagrece, não faz mal à saúde, não afina nem engrossa o sangue. Isso é tudo bobagem que se ouve por aí.

Homens e mulheres com boas condições de saúde, peso superior a 50 quilos e com idade entre 16 e 67 anos podem ser doadores, mas existem algumas restrições. Para conhecê-las, consulte o hemocentro.

Doe! Seja um irmão de sangue! Doar sangue é doar vida!

Procure o hemocentro mais próximo de sua residência e seja um doador.

Veja também

Dia dos Pais: um dia todinho para agradecer e celebrar o amor
Não importa a idade dos filhos, pai é sempre uma referência. Nesta edição eles prestam uma homenagem àqueles que lhe deram a vida e falam um pouco dessa relação e dos momentos que ficam gravados para sempre na memória de cada um.
A coluna do Moa deste sábado já está no ar.
A nossa amiga e profissional da estética, Daiana Ionara está ultimando detalhes para
A coluna do Moa desta sexta-feira já está no ar.
É divertindo ver a briga entre os irmãos, Bruno Gagliasso e Thiago Gagliasso
Uso preventivo de Hidroxicloroquina reduz risco de agravamento da covid-19, reconhece estudo
Pesquisadores lamentam que o remédio tenha sido desacreditado pela comunidade científica
Postos de saúde abrirão aos sábados para campanha de vacinação
Objetivo é facilitar o acesso ao público que não consegue ir até uma dessas unidades durante a semana.