Conheça as catarinenses que participarão do concurso A VAGINA MAIS BONITA DO BRASIL

Por: Revista Nossa Foto:
Compartilhe

 

Nova edição do concurso esta na fase de seleção de candidatas, três são de Santa Catarina; veja as outras regiões

         

A todo vapor a nova edição do concurso “a vagina mais bonita do Brasil” já têm candidatas inscritas de inúmeras regiões do país, três delas de Santa Catarina. Desta vez, o concurso conta com seis vezes mais vagas para participantes.

A primeira edição, que ocorreu em novembro de 2021, tinha 16 vagas, neste, 100 mulheres puderam se candidatar e concorrer ao título. O concurso foi criado pela catarinense Ana Otani, de Balneário Camboriú no Litoral Norte de Santa Catarina. Após inaugurar a competição em novembro de 2021, Ana lança agora edição anual com prêmio de R$ 15 mil para a vencedora.

 
 
    Quem são as catarinenses que se candidataram ao concurso “A vagina mais bonita do Brasil” – Foto: Reprodução/Internet Quem são as catarinenses que se candidataram ao concurso “A vagina mais bonita do Brasil” – Foto: Reprodução/Internet

Ao todo 40 mulheres estão inscritas, três delas de Santa Catarina, duas de Balneário Camboriú e uma da capital do Estado, Florianópolis.

Dyanna Costa, de 24 anos, é de Balneário Camboriú e atua como streamer. Fernanda Cassu, de 21 anos é influenciadora também do Litoral Norte. Ruth Rocha, de 24 anos, é modelo, estudante de biomedicina e musa Floripa 2019, ela mora na capital.

Rute Rocha, 24 anos, é de Florianópolis e candidata ao concurso 33   Rute Rocha, 24 anos, é de Florianópolis e candidata ao concurso "a vagina mais bonita do Brasil" - Reprodução/Internet   Dyanna, 24 anos, é de Balneário Camboriú e candidata ao concurso 13   Dyanna, 24 anos, é de Balneário Camboriú e candidata ao concurso "a vagina mais bonita do Brasil" - Reprodução/Internet   Fernanda, 21 anos, é de Balneário Camboriú e candidata ao concurso 23   Fernanda, 21 anos, é de Balneário Camboriú e candidata ao concurso "A vagina mais bonita do Brasil" - Reprodução/Internet   Rute Rocha, 24 anos, é de Florianópolis e candidata ao concurso 33   Rute Rocha, 24 anos, é de Florianópolis e candidata ao concurso "a vagina mais bonita do Brasil" - Reprodução/Internet   Dyanna, 24 anos, é de Balneário Camboriú e candidata ao concurso 13   Dyanna, 24 anos, é de Balneário Camboriú e candidata ao concurso "a vagina mais bonita do Brasil" - Reprodução/Internet      

Até esta quinta-feira (10), o concurso conta com 10 candidatas de São Paulo, duas do Rio de Janeiro, quatro de Minas Gerais, três de Santa Catarina, duas do Rio Grande do Sul, duas de Goiás, três do Paraná e 14 de outros Estados.

Segunda edição

Esta segunda edição reflete o sucesso do concurso que veio como uma ideia despretensiosa, mas fez sucesso entre homens e mulheres, seja por curiosidade ou para expressar ainda mais a sexualidade.

“O primeiro concurso foi um projeto muito rápido, a ideia surgiu numa Live com meus seguidores e executamos muito rápido sem muito planejamento, um teste para ver como iria ser a repercussão. Dessa vez estamos preparando tudo certinho, com projeto, divulgação e principalmente oferecendo oportunidade para todas as meninas, a ideia principal é promover a diversidade nessa edição”, explica Ana.

Ana Otani desaparece depois de lançar concurso “vagina mais bonita do Brasil” – Foto: Reprodução Internet/ND ,Ana Otani desaparece depois de lançar concurso “vagina mais bonita do Brasil” – Foto: Reprodução Internet/ND

A única regra para o concurso é não ter procedimentos estéticos na vagina. As inscrições são feitas pelo site e as fotos enviadas pelas candidatas não vão identificar as participantes, já que o sistema embaralha as fotos.

Ainda de acordo com a idealizadora do concurso, o pedido para a segunda edição veio dos seguidores que passaram a acompanhar a atual dona da “vagina mais bonita do Brasil”, a carioca Maite.

Ana Otani elege segunda dona da Vagina Mais Bonita do Brasil, após Maite vencer primeiro concurso – Foto: Ana Otani/Reprodução Ana Otani elege segunda dona da Vagina Mais Bonita do Brasil, após Maite vencer primeiro concurso – Foto: Ana Otani/Reprodução

“Com o sucesso todo que tivemos foi normal essa cobrança por uma nova edição. Ainda mais depois do ensaio com a ganhadora ir para a plataforma como um presente de Natal para os assinantes. Então começamos a organização para essa nova edição com muito carinho”.

Para a vencedora da primeira edição, o concurso não só alavancou a carreira como abriu muitas portas. “Foi maravilhoso, ganhei mais de 30 mil seguidores e dei entrevistas para vários jornais e sites. Isso ajudou muito nas minhas vendas. Além disso, viajei até Balneário Camboriú onde gravamos um ensaio de Natal para nossos assinantes”, destaca Maite.

Votação

A plataforma de votação das candidatas também é uma novidade, a votação para assinantes é similar ao ano passado só que em nova plataforma, os eleitores poderão votar uma vez por dia na plataforma.

De acordo com a organização do concurso, atualmente a plataforma conta com 1,6 mil assinantes ativos, a grande maioria são homens, apenas 15% são mulheres. “Mas com a primeira edição do Concurso esse número de mulheres subiu bastante, acredito que pela curiosidade”, destaca Ana.

Veja também

Encontrada mulher desaparecida na Praia Brava
O desaparecimento de Simone estava sendo divulgado por amigos
Dono de construtora de Balneário Camboriú é executado dentro de loja
Ele foi morto a tiros e polícia acredita que pode ter sido um latrocínio    
Prefeitura adere ao programa Sebraetec
Cidade será a primeira cidade do Estado a desenvolver o programa, que visa apoiar micro e pequenas empresas.
Cresce o movimento nas farmácias SUS do município
No mês de junho mais de mil atendimentos foram registrados ao dia.
GLOBO é condenada a pagar indenização milionária a ex- apresentadora.
Ela deixou a emissora em janeiro do ano passado.
Grupo Pró Empresa traz desburocratização na abertura de empresas
Em 2019, a média era de oito dias para abrir uma empresa em Jaraguá. Atualmente isso é possível em pouco mais de dois dias.