BOMBA: Governo inabilita Fundação Roberto Marinho e pede R$ 54 milhões de volta

Por: Revista Nossa Foto:
Compartilhe
 

 

 

BOMBA: Governo inabilita Fundação Roberto Marinho e pede R$ 54 milhões de volta  
 

Ministério do Turismo editou nesta segunda-feira, 26, uma portaria na qual inabilita por três anos a Fundação Roberto Marinho para a captação de recursos públicos e cobra a devolução de R$ 54 milhões ao Fundo Nacional de Cultura (FNC), referentes ao montante aplicado na construção do Museu da Imagem e do Som (MIS) do Rio de Janeiro, na Praia de Copacabana.

A publicação, assinada pela subsecretária de Gestão de Fundos e Transferências da pasta, Fabíola Rocha, apontou que a entidade teve a prestação de contas reprovada no projeto de captação de recursos para a construção da nova sede do Museu da Imagem e do Som (MIS) do Rio de Janeiro, em Copacabana, na Zona Sul da capital fluminense, cujo valor captado era de R$ 36,2 milhões.

Receba nossas notícias no celular

Veja também

Atriz global morre nesta terça-feira
A família não divulgou a causa da morte
Enxadrista jaraguaense se classifica para o Mundial de Malta
André Jordi Volkmann levou a melhor no campeonato sub 2300 - Pensado e garantiu a vaga para a competição em 2022.
Agende-se: vistoria do transporte escolar ocorrerá de 12 a 28 de janeiro
Todos os motoristas autônomos e empresas precisam passar por esse processo anualmente.
Femusc 2022 será de 16 a 29 de janeiro
Uma das novidades do festival será um programa de música antiga.
Jaraguá do Sul encerra participação no Jasc com o décimo lugar geral
A conquista de 11 medalhas de ouro, 11 de prata e oito de bronze deram ao município esse resultado.
Samae decora espaços com material reciclável
Criatividade e sustentabilidade podem ser vistas nas áreas públicas adotadas pela autarquia.