BANCOS RESPONDEM POR DELITOS OU FRAUDES PRATICADAS POR TERCEIROS?

Por: Hasse Advocacia e Consultoria - Dr. Marcos Hasse
Foto:
Compartilhe

 

O que acontece quando o consumidor bancário é vítima de algum delito ou fraude? O Banco é responsável?

 

A atividade bancária é cercada de fatores de risco, visto que a movimentação de valores tende a atrair criminosos, que podem direcionar suas ações aos bancos ou aos consumidores.

Além disso, com a pandemia COVID-19, as instituições bancárias precisaram criar uma série de adaptações, para que os benefícios concedidos nesta crise (saque do FGTS e auxílio emergencial), fossem pagos aos destinatários sem a necessidade de que estes comparecessem nas agências.

Assim, houve um aumento exponencial na utilização de portais digitais para realização de transações bancárias, e com isso, também aumentou a ocorrência de fraudes nestes mecanismos.

Nesse viés, surge o questionamento: O que acontece quando o consumidor bancário é vítima de algum delito ou fraude? O Banco é responsável?

A resposta é sim. Os bancos respondem por eventuais prejuízos do cliente por falhas do equipamento, furtos, assaltos, fraudes ou golpes.

Neste sentido, a súmula 479 do STJ dispõe: “As instituições financeiras respondem objetivamente pelos danos gerados por fortuito interno relativo a fraudes e delitos praticados por terceiros no âmbito de operações bancárias.”

Logo, os bancos precisam assumir os riscos decorrentes da atividade, e não podem tentar imputa-los aos clientes.

Portanto, a orientação é que as instituições adotem medidas de segurança para proteger o consumidor, visto que respondem tanto pelos riscos que podem acontecer nas agências, como também aqueles que podem ocorrer nos portais digitais.

Desta forma, havendo problemas com alguma operação bancária, em que o Banco não apresente uma solução plausível, pode-se recorrer ao judiciário para ter ressarcido os prejuízos, sendo cabível a devolução em dobro dos valores que tiverem sido cobrados indevidamente, e, em alguns casos, ser indenizado inclusive pelo dano moral.

Em cada caso, precisará ser feita uma análise especifica e detalhada.

 

QUER SABER MAIS? ACESSE: https://www.hasse.adv.br/

Veja também

SOBRE OS MIL REAIS...
CONFIRA A COLUNA DESTA SEXTA-FEIRA-22-10
Novale Hub está com inscrições abertas para workshop
Inscritos poderão colaborar com projetos cujo objetivo é solucionar problemas urbanos por meio de um processo intensivo de trabalho em grupo.
BTA Aditivos irá se instalar em Jaraguá do Sul
Representantes da indústria de aditivos de nutrição animal estiveram reunidos com prefeito, Antídio Lunelli para apresentar o plano de implantação da unidade fabril no bairro Santa Luzia.
Simulado avaliou o conhecimento de alunos da rede municipal de ensino
O objetivo é traçar um diagnóstico da aprendizagem com base no desempenho dos estudantes.
Guaramirim poderá ter prédios com até 25 andares
Aprovação de projeto que trata sobre o zoneamento, uso e ocupação de solo foi aprovado em primeiro turno pela Câmara.
Câmara de Guaramirim aprova criação do Complexo Multimodal
Projeto prevê a instalação de grandes empreendimentos e uma nova ligação com a cidade de Joinville.