A empresária Raquel Krawulski estreia como colunista da Revista Nossa

Por: Alerta com Raquel - Por Raquel Krawulski
Foto:
Compartilhe

 

Raquel Krawulski - Colunista 

 

 

Alerta com Raquel

A partir de maio Raquel Krawulski traz para a Revista Nossa mais de 20 anos de experiência em defesa de multas de trânsito. Objetivo da coluna é informar leitores e mostrar que existem ferramentas disponíveis para recorrer no caso de infrações sem enfrentar burocracia.

 

Por: Priscilla Milnitz Pereira

 

 

Até pouco tempo atrás, a defesa de multa de trânsito era um tabu. No entanto, de cinco anos pra cá, a demanda cresceu bastante. Segundo Raquel Krawulski, da Expresso Multas, as pessoas entenderam que se existe direito de defesa é porque existe a probabilidade de questionamento. E é com oconhecimento de mais de 20 anos na área que convidamos a profissional para assinar coluna na revista sobre o tema.

“Alerta com Raquel” vem em um momento especialmente importante, quando o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) sofreu mudanças e trouxe ainda mais dúvidas para os condutores. A abordagem, segundo ela, será bem simples e considera a leitura importante pelo fato de haverem mudanças diárias no que concerne à legislação. “Costumo dizer que durmo e acordo agarrada no CTB e nas suas alterações, através de deliberações, resoluções e afins. Há casos em que uma única palavra expressada num auto de infração faz toda a diferença”, alerta.

E se os casos são resolvidos no detalhe, fica ainda mais evidente a necessidade de procurar um bom profissional para montar a sua defesa. “Existem várias peculiaridades no meio que podem ajudar ou não durante o processo. É muito fácil abrir a porta de um escritório, mas entender do assunto requer experiência”, reforça. Por isso, o ideal é estudar junto com o profissional a viabilidade de um recurso, pois, como em todas as áreas, há casos em que não há o que fazer e isso deve ser colocado de forma franca para o cliente.

As ferramentas para recorrer estão no Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito, que precisa ser reinterpretado a cada caso que chega até o escritório de Raquel. O processo, porém, é simples e corre na esfera administrativa em três instâncias. Basta reunir provas documentais do infrator e do veículo em questão. Totalmente sem burocracia.

O principal objetivo de Raquel com a coluna é direcionar o condutor, falar sobre seus direitos e explicar penalidades que são impostas, mas que ainda surpreendem vários clientes por serem situações desconhecidas. “Irei contar coisas do nosso cotidiano no escritório, com histórias divertidas e outras nem tanto, para que sirvam de exemplo e ajudem outras pessoas”, encerra.

 

 

Veja também

SOBRE OS MIL REAIS...
CONFIRA A COLUNA DESTA SEXTA-FEIRA-22-10
Novale Hub está com inscrições abertas para workshop
Inscritos poderão colaborar com projetos cujo objetivo é solucionar problemas urbanos por meio de um processo intensivo de trabalho em grupo.
BTA Aditivos irá se instalar em Jaraguá do Sul
Representantes da indústria de aditivos de nutrição animal estiveram reunidos com prefeito, Antídio Lunelli para apresentar o plano de implantação da unidade fabril no bairro Santa Luzia.
Simulado avaliou o conhecimento de alunos da rede municipal de ensino
O objetivo é traçar um diagnóstico da aprendizagem com base no desempenho dos estudantes.
Guaramirim poderá ter prédios com até 25 andares
Aprovação de projeto que trata sobre o zoneamento, uso e ocupação de solo foi aprovado em primeiro turno pela Câmara.