Tratamentos ortodônticos

O conhecimento e segurança necessários para os procedimentos

1 min para ler 16 dez, 17

É muito comum nos dias de hoje recebermos pacientes com queixas referentes aos seus tratamentos ortodônticos realizados, e que não chegaram a um resultado desejado. Talvez isto esteja ligado a nossa realidade do mercado de trabalho na Odontologia, que se expandiu rápida e abruptamente, sem trazer consigo o conhecimento e segurança necessários aos tratamentos ora propostos.

interna-3

Na Ortodontia temos uma situação peculiar, onde a metodologia de tratamento vigente em boa parte das clínicas é a de quantidade e não de qualidade. A intenção de ter maior número e captar clientes a qualquer custo nivelou por baixo a especialidade, trazendo consigo diversos problemas para os pacientes. O tratamento prolongado é um exemplo, onde terapias “normais” levariam determinado tempo, observamos que em alguns locais este período extrapola o bom senso. Isto pode estar associado à implementação das “manutenções”, que são os honorários profissionais pagos mensalmente pelos clientes.

Publicidade

2obanner_vallsa_360x344px

Além disso, vem a falta de preparo especializado. Os consultórios ortodônticos de grande rotatividade geralmente contratam profissionais para trabalhar por porcentagem e metas de trabalho, o que vem a dirimir a qualidade do atendimento, considerando que a permanência destes odontólogos nestas clínicas é curta, devido a baixa remuneração e alta responsabilidade inerentes ao serviço.

interna

Constatei também, nestes anos de experiência profissional, que a instalação de aparelho, necessariamente precedida por uma avaliação do contexto bucal do paciente e devida adequação, não recebe mais essa importante ação preventiva. O que pode acarretar em sérios problemas no futuro, como inflamações e infecções gengivais ou outras anomalias potenciais que deveriam ser abordadas previamente à Ortodontia.
Princípios básicos de oclusão (mordida), que são um dos objetivos principais da mecânica ortodôntica também não são respeitados. Vejo que em muitos casos , após o alinhamento e nivelamento dos dentes nas fases iniciais de tratamento, o engrenamento das arcadas é suprimido pela falta de conhecimento e técnica necessárias para se obter o equilíbrio da mastigação. E estas razões, somadas, tem um potencial enorme de gerar insatisfações dos pacientes, que tem uma expectativa miníma de resultados a serem obtidos com o tratamento.

Publicidade

abf-interna

Por isso, indagar o profissional que for lhe atender, estar atento aos exames solicitados, conferir o planejamento, os honorários profissionais, a estimativa de tempo de terapia, são questões imprescindíveis que devem ser tratadas previamente quando se deseja realizar um tratamento ortodôntico, para não se ter uma tremenda dor de cabeça para resolver no futuro.