Sorrir é viver

A importância da saúde bucal

1 min para ler 14 jun, 17

Que imensa alegria poder estrear nas páginas da Revista Nossa a convite do Moa, pois sei da responsabilidade que é levar a vocês, leitores, assuntos de interesse que tragam ganhos em sua qualidade de vida. A formação plena em Odontologia me tranquiliza em trazer um tema que ainda é desconhecido pela maioria das pessoas, mas que assumiu extrema importância na obtenção de saúde desde que foi revelado por pesquisas científicas recentes.

Isto ocorreu porque os cientistas, atentos à sinais clínicos coincidentes em diversas patologias graves, como as do aparelho circulatório e respiratório, observaram que era muito frequente o desequilíbrio bucal nestes pacientes. E dali para a frente começaram a investigar e revelar dados significativos que os correlacionavam. Com isso surgiu a Medicina Periodontal, que é um flanco da Periodontia e que tem se desenvolvido muito nos últimos anos, investigando e tratando doenças bucais que interferem nas doenças sistêmicas do organismo.

destaque-19

Estes estudos revelaram que indivíduos que possuem alterações na gengiva têm maior propensão a desenvolver doenças cardiovasculares como a aterosclerose (entupimento das artérias) e o infarto do miocárdio. Além dessas, descobriram também a influência no controle glicêmico de diabéticos e a propensão de gestantes a sofrerem partos prematuros com as inflamações ocorridas na boca.

Por isso a importância de os profissionais da saúde atentarem quanto aos cuidados de saúde bucal de seus pacientes, pois afecções bucais presentes podem comprometer o metabolismo sistêmico e agravar doenças importantes, como as cardiopatias, pneumonias e diabetes melito. E para você, leitor, serve de alerta para as visitas regulares ao seu dentista, pois o diagnóstico precoce evita surpresas desagradáveis que podem interferir no seu cotidiano.

colunista-jonathan

Jonathan Mandalho atua na área de odontologia e é colunista da Revista Nossa.