Resíduos sólidos: um compromisso de todos

Aumento da reutilização dos materiais sólidos é importante para o desenvolvimento sustentável, social e econômico

1 min para ler 11 jan, 17

A cada dia mais de 250 mil toneladas de lixo são produzidas no país e o destino destes resíduos nem sempre é o mais adequado, 20% ainda vão para os lixões a céu aberto. Uma realidade que, felizmente, desde 2004 não faz parte de Santa Catarina. Fomos o primeiro Estado a eliminar os lixões, sendo um exemplo para o Brasil.

Encerraremos 2016 dando mais um passo importante para a gestão correta dos materiais descartados. Assinamos a ordem de serviço para a elaboração do Plano Estadual de Resíduos Sólidos (PERS/SC), uma parceria do Governo do Estado e Ministério do Meio Ambiente, com financiamento da Caixa Econômica Federal e investimento total de R$ 1,560 milhão. Um importante instrumento que permitirá ao Estado estabelecer metas, programas, projetos e ações em relação à geração, coleta, tratamento e destinação final dos resíduos sólidos.

O prazo para a conclusão do trabalho é de doze meses, mas para que seja feito da forma mais abrangente precisamos contar com a participação dos representantes envolvidos e da sociedade em geral. Todos somos responsáveis por este processo e juntos queremos traçar soluções sustentáveis para minimizar os impactos ambientais.

Uma das ações que queremos a partir do PERS/SC é aumentar a reutilização dos resíduos sólidos. Hoje, no Brasil, apenas 3% é reciclado, uma taxa baixíssima comparando com outros países. Para se ter uma ideia, na Áustria este percentual é de 63% e na Alemanha 62%. A importância da reutilização está atrelada não apenas ao desenvolvimento sustentável, como também ao desenvolvimento social e econômico.

Materiais como alumínio, vidro, aço e papel são os mais reutilizados e movimentam a indústria da reciclagem, um mercado que tem utilizado cada vez mais tecnologia, gerando empregos e movimentando a cadeia produtiva. Por isso, ao descartamos os produtos de forma adequada, agregamos valor ao processo, barateamos o custo de produção e estimulamos o crescimento da reutilização. Com atitudes sustentáveis contribuímos para uma vida com mais qualidade no futuro.