O pensar infantil e suas possibilidades

Desde 2012, o espaço Ponto Ser reúne crianças da região para desenvolvimento social

3 min para ler 15 jun, 17

O espaço Ponto Ser é o local ideal para quem procura uma grande diversidade de atividades para crianças de 2 a 12 anos. Os criadores do projeto, Celenir Schmitz e Paulo Almuas, comentam que o programa surgiu do interesse de compreensão do comportamento das crianças que representam a sociedade nos dias de hoje. “A proposta Ponto Ser nasceu das inquietações sentidas nas crianças do século XXI, acreditando que é possível acessar o saber, o saber ser e o saber fazer com outras ferramentas e diferentes propostas. As mudanças de mercado e a necessidade de aperfeiçoar o tempo das famílias e de seus filhos, fez com que o projeto se transformasse em oportunidade, segurança, bem estar, tranquilidade, facilidade e conforto, possibilitando através de diversas atividades oferecidas em um único espaço no contra turno escolar,” explicam.

interna-1-9

A parte societária dessa ideia que criou a Ponto Ser foi agregada após 28 anos dedicados a educação de Celenir Schmitz, e de 17 anos dedicados à arte da dança de Paulo Almuas, anterior a essa proposta pioneira na cidade de Jaraguá do Sul, Paulo administrava o Centro de Dança e Artes Paulo Almuas, e Celenir era responsável por toda coordenação cultural e artes de uma escola da rede particular, onde atuou por 22 anos. Junto das crianças que participam da proposta apresentada, o objetivo do espaço Ponto Ser é de promover a liberdade supervisionada do conhecimento. Buscando descobrir a sua identidade e seus valores. “O Ponto Ser Espaço Alternativo é o local onde a criança descobre através de sua vivência, o gostar e o não gostar de algo ou alguma coisa, e o mais importante, fundamentar com liberdade suas razões e desejos, agregado ao seu desenvolvimento social e afetivo em um mini mundo, recheado de expectativas que dialoga com um pensar infantil globalizado, buscando atender, respeitar, descobrir e incentivar suas potencialidades com ênfase na sua personalidade e identidade. A ideia é favorecer e fortalecer as diferentes formas de construir o seu próprio saber, de forma a intensificar as convivências e as trocas sociais e interacionistas que acontecem de maneira natural”, afirmam.

Publicidade

essence-life

“O Ponto Ser oferece uma gama de possibilidades através de diversas atividades, desde dias e horários, em único dia, por exemplo, uma criança pode realizar oficinas de Balé, Jazz, Música e Natação, no dia seguinte ela poderá fazer Inglês, Hip Hop, Teatro, Atividades de Recreação, no outro poderá vivenciar entre Jogos, Tarefas, Parque, Bosque, e ainda enriquecendo sua consciência ambiental em contatos com os coelhos, peixes e tartarugas“, declaram.

interna-2-11

A equipe do local além de extremamente dedicada e sempre a disposição dos pais e alunos, possuem conhecimento e formação de primeira linha, se tornando referência na região. “Contamos com uma equipe de realizadores que realmente sabe o que faz. Somos estruturados por profissionais pedagogos e estagiários de diversas áreas, que auxiliam nas atividades lúdicas e interacionistas. Contamos também com educadores físicos que são responsáveis pelas atividades aquáticas de natação e hidroginástica. Temos também diversas atividades de dança envolvidas nas atividades de balé, jazz, hip hop e contemporâneo. Na parte musical contamos com uma profissional graduada em música e com especialização em educação musical, com ênfase em flauta doce, clarineta e saxofone, aplicados a musicalização infantil e canto coral. Nas artes cênicas, o ensino do teatro é conduzido por uma profissional com bacharel em Teatro Interpretação, atuando há 10 anos, especialista em arte terapia além de agregar a sua carreira com trabalhos de atriz e cantora. Para completar a gama de atividades, valorizamos a língua inglesa, através de instrutores com certificação internacional de inglês.”, asseguram.

Estimular a arte e o conhecimento na mente das crianças é um dos pontos fortes do projeto e é exatamente isso que faz com que o Espaço Ser seja um dos locais mais admirados pelos pais da região, especialmente os que permitem que seus filhos aproveitem dessa oportunidade.

Ana Arrabaça e Família
“Falar do Ponto Ser é fácil, porque Ponto Ser para mim e toda minha família é a extensão da nossa casa ou posso dizer também que é a segunda mãe para as minhas crianças! Os profissionais plenamente qualificados, transmitem paciência, dedicação, amor ao que fazem e pelos alunos. Só tenho a agradecer por tudo!”.

interna-3-9

Marli e Denis com os filhos Paola e Pietro
“O que nos fez procurar o Ponto Ser foi objetivando buscar segurança, bem estar para os nossos filhos. Neste espaço encontramos amor, alegria, acolhimento, dedicação, bem estar, disciplina, harmonia, amizade acumulada com diversas atividades extracurriculares para os nossos pequenos, tais como dança natação, música, o que os deixa felizes.

interna-5-3

Mara Bini com sua filha Gabi
“Na história de vida da Gabi e por consequência da nossa família o Ponto Ser sempre teve um papel importante, pois ali encontramos os mesmos valores familiares de amor, responsabilidade, amizade, companheirismo”. A dança, o teatro e o inglês trazem para ela uma gama de conhecimentos e experiências que tem contribuído de forma expressiva para sua formação como cidadã. São 7 anos juntos.”

interna-4-4

Milton e Cintia com a filha Maria Eduarda
“Vimos o Ponto Ser como extensão de nossa casa… E sendo extensão de nossa casa é também extensão de nossa família. O Ponto Ser é isso… Uma grande família! Temos a tranquilidade e certeza de que Maria Eduarda está em boas mãos, junto a profissionais competentes e responsáveis que lhe proporcionam crescimento intelectual, artístico, esportivo e social. Desde o início acreditamos no Projeto Ponto Ser. Para nossa alegria, ambos cresceram juntos.

interna-6-3