Diretor da companhia Águas de Guaramirim Osni Dencker, revela novos investimentos para 2018

Dois reservatórios com capacidade de 500 mil litros de água devem ser construídos ao longo do ano

1 min para ler 23 jan, 18
Publicidade

mobile_corpoativo_290x190px

Os investimentos em ampliação e melhoria na rede de abastecimento de água em Guaramirim não param. A Companhia Águas de Guaramirim, responsável pela captação e tratamento e abastecimento de água na cidade projeta novas obras para 2018, garantindo a melhoria nos serviços e a qualidade da água que chega aos consumidores. Entre as obras já programadas para o primeiro semestre, estão a substituição e deslocamento da tubulação nas ruas Claudio Tomaselli no bairro Recanto Feliz e Aldano José Vieira, no bairro Avaí. A rede que atualmente fica abaixo da camada asfáltica será deslocada para as laterais, onde fica a calçada. “O deslocamento da rede tem como objetivo reduzir o rompimento da tubulação nessas regiões e facilitar o acesso para os reparos e manutenções”, explica o diretor da Águas de Guaramirim, Osni Dencker. Também estão previstas para este semestre o início das obras para instalação de rede de água na Estrada Quati, no bairro Corticeira e a finalização na localidade do Rio Branco. Atualmente, os trabalhos da companhia estão concentrados na Localidade Serenata, em Guaramirim. A obra conta com a instalação de cinco mil metros de rede, que além de beneficiar os moradores locais, será utilizada em um loteamento industrial, que já confirmou a vinda de duas empresas internacionais para Guaramirim.

osni-dencker-diretor-da-aguas-de-guaramirim

Publicidade

mariamarta-mobile

Capacidade de armazenamento será aumentada
Dois reservatórios com capacidade de 500 mil litros de água devem ser construídos ao longo ano nos bairros Corticeira e Avaí. “A proposta é descentralizar o abastecimento da água na cidade. Com uma maior capacidade de armazenamento, reduziremos significativamente problemas relacionados à falta de água na cidade”, complementa Dencker. A aquisição de um novo gerador de energia para a Estação de Tratamento de Água (ETA) também está em andamento. Ele garante a continuidade no abastecimento em casos de falta de energia na região.