Católica abre vagas para cursos a distância

Vagas de EAD da Católica são para tecnólogos, bacharelados e licenciatura

2 min para ler 25 jul, 17

A partir do segundo semestre estudantes de diversas localidades encontrarão na Católica de Santa Catarina uma nova alternativa para cursar o ensino superior. A instituição passa a oferecer dez cursos de educação a distância, sendo alguns deles ofertados no modelo híbrido (com aulas práticas em laboratórios além das aulas na modalidade de Educação a Distância), e a seleção é feita por meio da produção de uma redação. Juliana Patrícia Petris, coordenadora do setor, explica que a modalidade de ensino é ideal para aqueles que não conseguem reservar diariamente um horário específico para os estudos, além de ser financeiramente muito mais viável, com mensalidades que custam a partir de R$ 315.

Publicidade

mariamarta-mobile

A princípio a oferta de vagas é para tecnólogos (Gestão de Recursos Humanos, Processos Gerenciais, Logística, Gestão Financeira e Gestão de Produção Industrial), bacharelados (Engenharia Elétrica, Engenharia de Produção, Administração e Serviço Social) e licenciatura (Pedagogia). Juliana explica o processo de aprendizado: “todo o conteúdo permanece acessível em ambiente virtual, podendo ser acessado pelo celular, computador ou tablet a qualquer momento. Cabe ressaltar que o aluno nunca está sozinho e pode tirar dúvidas e interagir com professores e colegas através das ferramentas disponíveis”.

k

Os cursos são divididos em quatro módulos anuais e parte da nota vem de tarefas semanais e atividades propostas pelos professores, por isso a necessidade de acompanhar todo o conteúdo e não perder os prazos de entrega. A prova é presencial, ocorre ao fim de cada módulo e corresponde a 60% da nota. De acordo com Juliana, comprometimento, organização e autonomia são características exigidas de quem se propõe a estudar na modalidade de educação a distância e ela afirma que de maneira nenhuma é mais fácil conquistar o diploma através dessa modalidade de ensino. “A pessoa precisa estar disposta a acompanhar o conteúdo e cabe a nós propormos atividades que os mantenham constantemente motivados”, ressalta.

Publicidade

telles-mobile

Entre as atividades estão fóruns, trabalhos em equipe, propostas de leitura, videoaulas e demais atividades para a construção do conhecimento utilizando todos os tipos de mídia, assim como um curso tradicional. Juliana aproveita também para desmistificar o preconceito quanto à validade do diploma. A coordenadora frisa que ambos – EAD e educação presencial – possuem o mesmo valor e não podem sofrer diferenciação por parte de ninguém. “Sabemos que tudo aquilo que foge do tradicional é passível de preconceito, mas a educação a distância não é algo novo. Há professores competentes e especializados que planejam as aulas visando à qualidade do ensino e da aprendizagem ”, reforça.

Juliana destaca ainda que o fato de o aluno estar presente em uma sala de aula não é garantia de que existe um aproveitamento da matéria, enquanto na educação à distância, quando o estudante reserva um tempo para estudar a matéria, ele está se propondo a ler, estudar e se posicionar a respeito dos assuntos.

Publicidade

anuncio-clinica-levie-junho

Cabe destacar que, dos dez cursos, três deles são híbridos, ou seja, incluem aulas presenciais em laboratórios. É o caso das Engenharias e da Gestão da Produção Industrial. Já os estudantes de Pedagogia precisam cumprir carga horária prática em campo. Em todos os casos, porém, a estrutura da universidade está disponível em tempo integral, o que inclui a biblioteca e laboratórios de informática, para quem eventualmente não tiver acesso à internet de casa. Nos polos de apoio presenciais, o estudante encontra também tutores para tirar dúvidas e auxílio para lidar com a sala virtual. “O aluno tem a liberdade de escolher onde e quando quer estudar e, caso prefira, pode vir todos os dias ao campus”, encerra.