Adeus, papada!

Sem cortes e bisturi, tecnologia CoolMini promete melhorar o contorno do rosto em pouco tempo

1 min para ler 17 abr, 17

Uma nova tecnologia lançada recentemente no Brasil promete amenizar a famosa papada e garantir contornos mais harmoniosos para o rosto de homens e mulheres. A técnica americana reduz a temperatura da área tratada a -11°C e faz com que a gordura localizada entre em apoptose. Segundo o Dr. Eduardo Bornhausen Demarch, é tão eficiente quanto uma cirurgia plástica e indicada para casos em que não haja excesso de flacidez.

adeuspapadamateria2-1 adeuspapadamateria1-1

O tratamento pode ser feito em homens e mulheres.

“Em contato com a baixa temperatura, as células de gordura se rompem, o corpo entende que elas não fazem mais parte do organismo a as elimina naturalmente”, conta. O método tem a vantagem de não ser um procedimento invasivo e permitir que a pessoa retome a rotina assim que sai do consultório. Cada sessão dura apenas 45 minutos e os resultados começam a aparecer já na semana seguinte. Após 30 dias, em alguns casos, é recomendada nova sessão e vale ressaltar que não há cuidados específicos antes ou após o tratamento.

A tecnologia CoolMini permite tratar, além da gordura da papada, outras áreas com gordura como as dobras ao lado das axilas e aquela gordurinha que fica acima dos joelhos. Dr. Eduardo conta que o aparelho realiza uma leve sucção à vácuo na área a ser tratada e ao mesmo tempo, o resfriamento intenso destrói as células de gordura sem causar qualquer dano a nervos, músculos e outras estruturas próximas, graças aos inúmeros sensores térmicos que compõem o sistema e garantem a segurança do paciente.

As células de gordura que são congeladas durante o procedimento CoolMini entram em processo de apoptose e gradualmente são eliminadas do corpo de maneira natural, sem risco de sobrecarregar o fígado ou rins. É por isso que os resultados duram no longo prazo. A gordura vai embora de vez! Nas áreas não tratadas, não haverá mudança na distribuição de células de gordura.

csc-coolsculpting-diagram

A tecnologia permite tratar ainda pequenas áreas com gordura indesejável, como as dobrinhas nas axilas ou acima dos joelhos.

 

Contraindicações

Dr. Eduardo explica que nem todo mundo pode se submeter a esse procedimento e é preciso passar por uma avaliação clínica antes. O procedimento é contra indicado para pessoas com sensibilidade ao frio, infecções na pele, gestantes e para quem passou por cirurgia recentemente. Para quem pretende emagrecer, vale lembrar que o método combate a gordura localizada e não o excesso de peso, pois não atinge a gordura em todas as áreas do corpo ou mesmo a gordura visceral, aquela que se deposita entre os órgãos.

 

banneredu

Dr. Eduardo Bornhausen Demarch
CRM/SC 19.387

Publicidade

site-ortocoi