Nutróloga dá dicas de como manter uma alimentação saudável durante as festas de fim de ano

Por: Revista Nossa Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe

As festas de fim de ano são regadas são regadas aos prazeres, principalmente, os da mesa. Muito divertimento, troca de presentes, um cardápio farto e bebida à vontade. Tudo perfeito! Se não fosse um detalhe. Essa época é acompanhada também dos temidos exageros. Verdadeiros vilões da saúde, o combo comilança, bebedeira e poucas horas de sono, resultam em um prejuízo à saúde difícil de recuperar.

Mas é possível, sim, sobreviver às comemorações. A médica nutróloga Cristiane Molon revela algumas dicas simples, que fazem toda a diferença no saldo final. A primeira é aproveitar que o calor inibe a fome e comer menos, tanto em quantidade das porções como no número de refeições. Ou então fazer pequenas compensações: 'Se o almoço foi mais pesado, faça uma janta menos calórica. Aposte nas saladas e nos legumes, aliados nessa época, pois refrescam e são leves', instrui.

Além da comida, a ingestão de bebidas também aumenta no verão. E quem resiste a uma cerveja gelada de frente para o mar? O conselho da especialista é intercalar sempre o álcool com um copo de água. Mas, se o problema é apenas saciar a sede, a melhor escolha é a água, pura e bem gelada. Já o refrigerante e o suco podem ser substituídos pela água com gás. 'No caso dos sucos, dê preferência aos menos adocicados e mais diuréticos como acerola, limonada, abacaxi com hortelã ou morango', revela. Outro vilão dos dias quentes é o sorvete. Mas é possível apostar em receitas naturais ou, então, optar pelo picolé de frutas.

Não tem desculpa para fugir da dieta nas festas de fim de ano! Mas, se não vai ter jeito mesmo o importante é estar consciente e não abrir mão da atividade física. Por exemplo: se você tem um evento, cuide naquele dia. E, também, no dia seguinte, fazendo um exercício físico para queimar as calorias extras consumidas na véspera.  O importante é manter o foco. 'As pessoas precisam ter metas. Dez dias de férias podem colocar a perder o trabalho de um ano todo. Porque o paladar muda', decreta.

Sobre Cristiane Molon
Médica especializada em nutrologia com pós-graduação em Prática Ortomolecular e Saúde da Família.
www.cristianemolon.com.br
www.facebook.com/CristianeMolon

Veja também

Conheça as doenças causadas pelo ar condicionado sujo
Confira os problemas que a falta de manutenção do equipamento podem causar a saúde
Deputado Federal Carlos Chiodini estreia a capa de janeiro da Revista Nossa e revela intimidade, bastidores e futuro na carreira política
Carlos Chiodini se tornou o deputado federal mais votado pelo seu partido
Homem descobre não ser o pai biológico dos três filhos ao ser diagnosticado com doença
Empresários de Guaramirim e Jaraguá do Sul participam de iniciativa que transforma lixo em energia
Plataforma inovadora trata problemas capilares
Bulge Hair Restoration plataforma de análise e tratamento para queda de cabelo e calvície