Michael Schumacher respira sem ajuda de aparelhos, afirma jornal

Por: Revista Nossa Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe

Prestes a completar cinco anos em coma após sofrer grave acidente quando passeava de esqui, Michael Schumacher já consegue respirar sem aparelhos em alguns momentos. A informação foi publicada pelo diário britânico Daily Mail. Segundo o jornal, o ex-piloto de Fórmula 1 ainda necessica de cuidados especiais de enfermagem, por viver em estado vegetativo. As despesas médicas custariam 55 mil euros semanais (cerca de R$ 243 mil), o que representa quase R$ 1 milhão por mês.

O piloto vive em uma casa em Gland, cidadezinha entre Lausanne e Genebra, na Suíça. Desde o acidente de esqui nos Alpes franceses, Corinna, mulher de Schumacher, mantém sob sigilo as informações sobre o estado de saúde do ex-piloto, heptacampeão da Fórmula 1. Schumacher seria assistido por uma equipe médica de 15 pessoas.

Na semana passada, Jean Todt, antigo dirigente da Ferrari, disse que havia assistido ao GP do Brasil de Fórmula 1 ao lado do piloto. Ele afirma que visita Schumacher ao menos duas vezes por mês. É um dos poucos próximo à família a ter esse acesso.

Segundo Todt, Schumacher estaria consciente e teria capacidade de seguir a corrida de F-1. O estado real de saúde do piloto, porém, que completa 50 anos no próximo dia 3 de janeiro, permanece um mistério. No início do ano, pessoas próximas a Schumi disseram à imprensa francesa que, quando o colocaram na cadeira de rodas de frente para as montanhas e para o lago, Schumacher chegou a chorar.

Veja também

Jogador de voleibol jaraguaense participa de seletiva para futura convocação à Seleção Brasileira
Pedrinho está entre os 20 atletas selecionados
Fato ou fake? Promotor teria mandado prender lutadora de UFC que reagiu a assalto e espancou criminoso
História circula pela internet e gera especulações
Técnica e atletas de voleibol jaraguaenses são convocadas pela Federação
Cinco atletas de voleibol e a técnica Karina Patrícia de Souza foram convocadas pela Federação Catarinense
Mulher de 102 anos se torna a paraquedista mais velha do mundo. Veja o vídeo!
Com 102 anos, a aventureira quebrou um recorde e se tornou a paraquedista mais idosa do mundo
Time do catarinense Rangel faz história na Espanha e se classifica para Copa
A Liga Asobal é a primeira divisão do handebol da Espanha e vem sendo dominada pelo Barcelona há oito anos