Mamãe blogueira: mostrando o lado real da maternidade

Por: Eduardo Klemtz Foto: Karina Fassina
Compartilhe

Você é mãe de primeira viagem, e está cansada de ver blogueiras que só mostram o lado 'conto de fadas' da maternidade? Suas visualizações têm destino certo: conheça a influenciadora jaraguaense Karin Petermann, de 32 anos, que além de ter dois filhos, trabalha como assistente administrativa e ainda cuida do seu blog, o Mamãe & Cia. Karin é a verdadeira definição de uma mãe mil e uma utilidades. Confira em um bate-papo exclusivo com a Revista Nossa, tudo sobre a personalidade que já conquistou mais de cinco mil seguidores nas redes sociais.

Revista Nossa: Antes de falarmos sobre o seu trabalho, conte um pouco sobre os seus pequenos.
KARIN: Tenho dois filhos, um menino de oito anos (faz nove agora em dezembro) e uma menina de três anos. Meu sonho sempre foi ter um casalzinho, mas quando a gente descobre a gravidez, só espera que os filhos venham com saúde, sempre falo que Deus atendeu o desejo do meu coração e eles são a minha alegria.

Revista Nossa: É difícil conciliar a vida profissional com a maternidade? Quais as suas principais motivações?
KARIN: Não é fácil conciliar, mas também não é impossível Ter filhos é uma responsabilidade que você decide assumir e ela vai ser para a vida inteira. Tem seus sacrifícios, mas com certeza tem suas recompensas. As crianças são muito sinceras com relação a tudo que elas pensam, se ela está feliz ela expressa, fala, beija, e se ela não quer algo, faz birra, diz que não e pronto. Ser mãe era meu sonho, na verdade, ter uma família era meu sonho. Sou filha de pais separados e sempre desejei que meus filhos pudessem viver em família, então essa é a principal motivação: Eles!

Revista Nossa: O que você já aprendeu e ainda aprende com seus filhos?
KARIN: A gente aprende todo dia, basta prestar atenção aos sinais. Aprendi que nem tudo é como a gente planeja e/ou deseja. Por exemplo: primeiro filho, sonhava que ele fosse dormir a noite inteira, no berço dele e não foi bem assim durante quatro anos, mas aprendi que consigo sobreviver. (Risos). Aprendi que eles necessitam de amor de diferentes formas: toque, palavras de afirmação, tempo de qualidade, atos de serviço e presentes. Mas, nem sempre é de presente que meu filho precisa, às vezes ele só quer a minha presença.

Revista Nossa: Qual foi o maior desafio que você enfrentou com a maternidade?
KARIN: O maior desafio da maternidade para mim é a educação. Nós queremos que nossos filhos sejam bons para as pessoas, para a natureza, queremos que eles cresçam sabendo que eles podem fazer a diferença no mundo. Queremos que eles sejam educados, se sintam amados e também saibam amar.

Revista Nossa: Por que decidiu criar um blog voltado para as mamães?
KARIN: O tema do blog é compartilhar a arte de ser mãe, e como na arte não existe uma regra de certo ou errado, existe a maneira como Monet pintou e que fazia parte do contexto histórico em que ele estava inserido. Da mesma forma eu vejo a maternidade, quando compartilhada ela se torna mais leve, porque falamos daquilo que deu certo ou errado, podemos ouvir outras mulheres falando sobre o certo e o errado delas e crescer juntas. Sem julgamentos, sem pressão, apenas compreensão e empatia. A realidade de cada uma é diferente e eu acredito muito que as mulheres podem se ajudar.

Revista Nossa: Quais as principais dificuldades que você encontrou quando iniciou os trabalhos de blogueira e influencer?
KARIN: As pessoas acreditam que ser blogueira é algo que logo gera uma recompensa financeira, mas na verdade não é bem assim, é algo que se constrói. Aquele velho ditado, tudo que planta um dia se colhe. São 8 anos que crio conteúdos para o público materno, transmitindo muitas experiências e aprendendo muito com as outras mães. Os frutos sempre chegam, às vezes não no tempo que gostaríamos. O segredo é a paciência e a persistência.

Revista Nossa: As pessoas gostaram da ideia de existir uma ?mamãe blogueira?? Existe algum tipo de preconceito?
KARIN: As pessoas se divertem quando falam que eu sou blogueira materna, porque não é algo muito comum, as pessoas gostam de falar de moda e de comida, mas falar sobre maternidade é arriscado. Existem muitas opiniões e a graça está justamente em aprender com as diferentes visões e criações.

Revista Nossa: Qual é a sua principal missão como blogger? O que suas leitoras mais procuram?
KARIN: Compartilhar! A minha alegria é compartilhar sobre essa arte que é ser mãe. Quando olhamos para uma obra de arte, simplesmente a admiramos. Procuramos entender o contexto histórico (barroco, renascentista), as cores e cada artista tem sua ?marca?. Da mesma forma eu vejo a maternidade: como uma arte, única, singular, exclusiva. Cada filho é de um jeito, cada mãe é de um jeito e isso é lindo. Não preciso e nem quero impor as verdades da minha casa para a casa das minhas leitoras, mas se de alguma forma eu puder ajudar a ver por um ângulo diferente, dar um ideia e acabar contribuindo para que ela viva a maternidade com mais leveza, estou feliz! Da mesma forma, sou aberta a aprender e receber ideias que as mães compartilham comigo. É realmente gratificante!

Revista Nossa: Qual o envolvimento dos seus filhos com a tecnologia?
KARIN: As crianças mexem com o tablet, assistem Youtube e Netflix, mas não são alienadas não. Sempre tentamos estipular um tempo limite e principalmente cumprir. As crianças são bem obedientes e sabem que depois de uma quantidade X de desenhos vamos desligar a TV e vamos brincar. Eles não têm muita noção de tempo, sempre vamos sinalizando para eles quando o tempo está acabando, para que eles saibam que daqui a pouco irão fazer outra coisa.

Revista Nossa: Que valores você considera essenciais e quer passar aos seus filhos?
KARIN: Fé em Deus, que ele sempre tem o melhor preparado para nós, está sempre nos cuidando e nos guiando. Também desejamos que eles se conheçam, saibam quem são, sejam seguros de quem são e que tenham certeza que nós amamos eles. Também queremos ensinar a ter compaixão pelo próximo, o mundo é muito mais do que nosso próprio umbigo.

Revista Nossa: Projetos para o futuro?
KARIN: Sonhos? Sempre temos né? São eles quem nos motivam a continuar, persistir e crescer. Tenho planos para o blog sim, mas esse em especial está no forninho. Quem sabe logo mais se torne realidade, quando o blog completar dez anos! Seria bem bacana! A fábrica de filhos já fechou. (Risos). Vamos nos concentrar em deixar nosso apartamento cada vez mais com nosso jeitinho.

Siga Karin Petermann nas redes sociais: https://www.instagram.com/karinpetermann/
Visite o blog Mamãe & Cia: https://www.mamaeecia.com.br/

Veja também

Deputado Federal Carlos Chiodini estreia a capa de janeiro da Revista Nossa e revela intimidade, bastidores e futuro na carreira política
Carlos Chiodini se tornou o deputado federal mais votado pelo seu partido
Empresários de Guaramirim e Jaraguá do Sul participam de iniciativa que transforma lixo em energia
Quem adota criança em Florianópolis tem direito à isenção de IPTU
A capital catarinense é uma das poucas cidades do Brasil a conceder o benefício
Entenda por que pular o café da manhã pode ser prejudicial à saúde
Estudo aponta que pessoas que costumam abrir mão da refeição matinal têm mais propensão ao diabetes tipo 2
Conheça as tendências em cirurgia plástica para 2019
Procedimentos que proporcionam efeito 'beleza natural' devem ganhar mais popularidade no próximo ano
Nutróloga dá dicas de como manter uma alimentação saudável durante as festas de fim de ano
A médica nutróloga Cristiane Molon revela algumas dicas simples, que fazem toda a diferença no saldo final