Encontro de Saúde Mental acontece na Católica SC

Por: Eduardo Klemtz Foto: DIVULGAÇÃO
Compartilhe

A Secretaria de Saúde promoveu na manhã desta quarta-feira (7) o 8º Encontro de Saúde Mental de Jaraguá do Sul. O evento teve como tema 'Um encontro pela vida', com o objetivo de falar sobre suicídio e sobre a importância do acolhimento e da escuta dos profissionais que são procurados pelas pessoas que querem tirar a própria vida. Também houve apresentação dos números do suicídio no mundo, no País, em Santa Catarina e em Jaraguá do Sul. Estiveram presentes na mesa de abertura do encontro a diretora de Saúde, Níura Demarchi dos Santos, a coordenadora de Saúde Mental, Denise Thum, e a coordenadora da ação do Setembro Amarelo, Maria Natália Machado.

A diretora Níura Demarchi dos Santos abriu o evento falando da importância de um encontro pela vida. 'É necessário resistir com amor. Sabemos que temos dificuldades no serviço de Saúde Mental de Jaraguá, mas precisamos continuar lutando com carinho e contando com a força dos profissionais', Níura ressaltou. A coordenadora Denise Thum falou da importância de ouvir e acolher quem se encontra na situação de ideação suicida. 'Nós temos preconceito e julgamentos sobre o assunto. Por isso, muitas vezes, já temos respostas prontas ou desviamos do assunto quando uma pessoa quer falar sobre suicídio', destaca. Denise afirma que é necessário ouvir o que o paciente tem a falar, acolhê-lo como ser humano.

Denise também apresentou os números relacionados ao suicídio no País e no mundo. 'Precisamos falar do assunto, pois deixar de falar em suicídio não está diminuindo os casos', afirmou. Em Jaraguá do Sul, de acordo com um levantamento feito pelo setor de Planejamento da Secretaria de Saúde, houve 87 óbitos por suicídio de 2010 a 2017, sendo dez em 2016 e 15 em 2017, um aumento de 50% em um ano, observou Denise. Os dados epidemiológicos apontam Santa Catarina como o estado onde mais acontecem suicídios (2ª maior causa de morte) depois apenas do Rio Grande do Sul. 'No Brasil é a quarta maior causa de morte entre as pessoas com idade entre 15 e 29 anos, com uma média de 11 mil pessoas que tiram a própria vida por ano. No mundo é a maior causa de mortes entre jovens de 15 a 29 anos. Após apresentar os dados, houve mesa redonda com profissionais da área e à tarde haverá oficinas de vivência com estratégias de cuidado e prevenção, apresentando possibilidades de técnicas de relaxamento e concentração, como yoga, dança circular, árvore da vida e arteterapia. Às 15 horas será feito um compartilhamento das discussões das oficinas. Às 16h30 haverá o encerramento e o café.

Veja também

Conheça os ganhadores do Concurso de Vitrines da Schützenfest
Os ganhadores receberam troféu, placa de mérito e, ainda, camarotes, ingressos, tíquetes de chope e cartelas de tiro
Conheça o campeão do 2º Festival da Canção Corupá FM
A transmissão da grande final deste ano foi inovadora
Pesquisa traça perfil dos visitantes da Schützenfest
Conhecendo os visitantes da maior festa da cidade
Policial joinvilense se destaca e ganha concurso internacional de beleza
O policial ganhou o título de homem mais bonito do mundo
Conheça os 5 produtos que você precisa ter para garantir a segurança dos pequenos em casa
Fique atento às dicas de proteção