Conheça a atleta Marina Fructuozo Piazera, destaque na natação jaraguaense

Por: Eduardo Klemtz Foto: Marcelo Luis
Compartilhe

Nascida em Jaraguá do Sul, a nadadora Marina Fructuozo Piazera, de 32 anos, conheceu a piscina logo na infância, por influência da família, que também conta com intensos amantes de diversas modalidades de esportes. "As atividades físicas sempre estiveram presentes na minha vida, venho de uma família de atletas. Meu avô paterno foi jogador de futebol, meu avô materno é ciclista, tive um tio nadador. Meu pai foi nadador e minha mãe foi jogadora de vôlei. Quando eu nasci, minha mãe era professora de natação, então meu caminho não poderia ter sido diferente. Lembro da minha mãe me contando que com 10 dias de vida ela já estava me mergulhando na banheira de casa. A água sempre foi a minha paixão", revela.

Sempre focada nas competições e em busca de representar o município de uma maneira exemplar, a nadadora revela que pratica o esporte com o coração, e não apenas em busca de resultados, e sim, aprendizados que possam ser usados em suas próximas participações. "Procuro estar sempre aprendendo e me aperfeiçoando. Gosto de estar me desafiando e uso os treinos e as competições para isso. Se o resultado foi positivo, planejo o próximo. Se o resultado não foi como eu esperava, reavalio o que aconteceu e o que posso melhorar. Não vejo a derrota como uma perda, mas sim como um aprendizado. A competição é o momento de me superar. Procuro sempre dar tudo que tenho, então treino muito, me alimento e descanso da melhor forma", revela.

Quando questionada sobre sua rotina e hábitos alimentares, Marina informa que segue uma alimentação regrada e que conta com uma variedade de verdes. "São muitos grãos, leguminosas, frutas, verduras. Gosto da simplicidade nas minhas refeições. A natureza tem muito a nos oferecer. Tenho uma nutricionista que faz o acompanhamento. Procuro levar uma boa alimentação para a vida. É preciso ter disciplina. Vida de atleta não tem como fazer as coisas mais ou menos. É uma vida muito regrada. Você vai ter que dormir cedo, acordar cedo, se alimentar bem, conciliar os estudos. A disciplina não é somente nos treinos, mas em tudo na vida. Considero a determinação também um ponto chave. Traçar objetivos e ter em mente tudo que é necessário fazer para chegar lá. Nem sempre as coisas irão acontecer como o planejado, mas aí vem a persistência. Acredito que nenhum atleta conquista o que quer sem persistir. Vai ser difícil, desafiador, vai sentir dor, frustração, cansaço. Faz parte do ser atleta. Aprendo e aprendi tanto com a natação que levo todos esses ensinamentos para a minha vida", afirma.

Deixando claro que nem tudo foram flores em sua jornada, Marina revela que descobriu a sua força de vontade e garra nos momentos mais difíceis de sua carreira. "Com 15 anos, após passar mal em um treino, descobri que tinha asma induzida pelo esforço. Com o tempo, mesmo fazendo o tratamento, as crises foram piorando. Até que, em uma das piores crises, eu desmaiei e tive uma parada respiratória, tinha acabado de nadar uma prova. Fui levada para o hospital e senti a preocupação da família com a minha saúde. Meu pai era o meu técnico e ele sofria muito em me ver indo até o extremo. Decidi que iria levar mais de leve e continuei por mais 2 anos. Com a natação, a faculdade e o trabalho estava ficando difícil de conciliar, decidi que iria parar. Dois anos depois, retornei a nadar apenas como exercício físico. Mas não consegui ficar só por isso mesmo. Quando percebi já estava competindo e treinando outra vez!", expõe a nadadora.

Com um futuro promissor e sempre buscando ser a melhor versão de si mesma, Marina demonstra determinação e foco quando o assunto é as metas que ainda precisa traçar. "Com a natação estou sempre enfrentando novos obstáculos e trazendo novas conquistas para a cidade de Jaraguá do Sul. Para mim os treinamentos são para atingir os meus objetivos. Não penso muito alto, gosto de refletir no agora, são objetivos de curto prazo, como por exemplo atingir determinado tempo em alguma prova. Mas é claro que a longo prazo eu quero poder estar nadando por toda a minha vida, competindo ou não. A Natação faz parte do meu ser e é o que eu amo fazer", encerra.

Veja também

Deputado Federal Carlos Chiodini estreia a capa de janeiro da Revista Nossa e revela intimidade, bastidores e futuro na carreira política
Carlos Chiodini se tornou o deputado federal mais votado pelo seu partido
Empresários de Guaramirim e Jaraguá do Sul participam de iniciativa que transforma lixo em energia
Entenda por que pular o café da manhã pode ser prejudicial à saúde
Estudo aponta que pessoas que costumam abrir mão da refeição matinal têm mais propensão ao diabetes tipo 2
Conheça as tendências em cirurgia plástica para 2019
Procedimentos que proporcionam efeito 'beleza natural' devem ganhar mais popularidade no próximo ano
Nutróloga dá dicas de como manter uma alimentação saudável durante as festas de fim de ano
A médica nutróloga Cristiane Molon revela algumas dicas simples, que fazem toda a diferença no saldo final
Ator jaraguaense é premiado no Troféu Gralha Azul, um dos mais importantes do teatro brasileiro
O Troféu Gralha Azul premiou 15 categorias e concedeu mais dois prêmios especiais