Janaína Mokwa destaca os benefícios de ser mil e uma utilidades

Por: Eduardo Klemtz Foto: Maria Gonçalves
Compartilhe

Ela é atriz, cantora e até mesmo youtuber! Aos 24 anos, ter apenas uma profissão não é o suficiente para Janaína Mokwa, que gosta de se aventurar nas mais diversas áreas da indústria que contam com os holofotes. Com um currículo extenso de atividades que envolvem os mais variados palcos e públicos, a jaraguaense não gosta de rótulos e é apaixonada pela diversidade cultural existente pela região. "Você precisa aperfeiçoar seus talentos, estudar sempre, e buscar cada vez mais ampliar o leque de suas habilidades, faça música, aprenda um instrumento, estude sobre cinema e audiovisual, leia muito, pratique técnicas de atuação, dança, a ideia é ser uma artista completa para que você se encaixe em muitas oportunidades", explica.

Confira o bate-papo com a personalidade jaraguaense.

janaina

Nos conte um pouco sobre você. Com quantos anos iniciou a sua carreira? Só tive tempo para me dedicar realmente a minha carreira depois que concluí meu curso de Administração com ênfase em Recursos Humanos. Então minha carreira artística começou quando eu já tinha 18 anos, um pouco tarde na verdade. Minha área inicial foi a música, onde iniciei como vocalista na banda Iceberg. Nosso primeiro show foi no Festival Alternativo de 2015 e foi um sucesso. Foi a realização de um sonho.

Como iniciou a sua paixão pelo mundo dos holofotes? Após a faculdade eu decidi fazer aulas de canto particular para me aperfeiçoar, no entanto quando cheguei na escola, não tinha professor para esse curso, então decidi que não sairia de lá sem me matricular em alguma atividade. Sempre gostei de teatro, música e dança desde criança, então, me matriculei no curso de teatro, e me descobri de um jeito diferente dentro de cada exercício e personagem vivenciado. Em seguida, surgiu um professor de canto e me matriculei para aprender também. Dois anos depois eu fui estudar em SP onde me aperfeiçoei nas áreas de Teatro, Canto, Dança, TV e Cinema. Foi uma experiência melhor que a outra. Foi incrível, valeu muito apena!

Publicidade

kantan-gif-360x360

Você também é Youtuber? Nos conte um pouco dessa experiência. Esse ano iniciei um projeto no Youtube, onde o intuito do canal é falar sobre a minha vida, as coisas que faço e os trabalhos que realizo. Fiz alguns vídeos falando sobre o Festival de Cinema que aconteceu em Jaraguá do Sul, onde tive a honra de participar da divulgação e de fazer uma personagem para o filme piloto Limite Mortal que foi apresentado neste Festival. O foco principal desse canal é abordar a área artística, o que fazer, como começar. É um canal novo, então tenho muitas ideias para pôr em prática e ajudar as pessoas que também querem ingressar nessa jornada. Ah! O canal se chama Canal da Jana Mokwa, se inscrevam lá e fiquem por dentro de tudo o que tem e o que ainda está por vir!

Quais são os seus projetos para 2018? Bom, esse ano já realizei muitas coisas. Viajei para o RJ, para SP, consegui o meu Registro Profissional de Atriz, fiz um filme e participei do Festival de Cinema. Então agora meu foco está nos vídeos do Canal da Jana Mokwa, e também nos projetos do Instituto FESCINE, no qual faço parte.

branquela

Como atriz, qual foi o papel mais desafiador da sua carreira? O primeiro personagem da minha carreira que vivenciei foi muito desafiador. Foi uma peça de teatro que se chamava "Roda Viva". Essa peça foi baseada na vida real de algumas pessoas do grupo de teatro. E tive que vivenciar uma garota de programa que era usuária de drogas e acabou engravidando de um cliente que era policial. Ela não estava nem aí para a gravidez e mesmo assim continuava fazendo programa e usando drogas. Quando ela estava quase para ter o bebê um casal encontrou ela e tirou ela da rua até que o bebê nascesse, depois ela abandonou o bebê com a família e voltou à rua para se prostituir. A história é bem forte e gera um desconforto, uma barreira que é necessário enfrentar para conseguir a empatia e vivenciar o personagem, o jeito, o comportamento, como fazer, detalhes, figurino, tudo para parecer o mais real possível. Foi um desafio em tanto, a experiência foi incrível e foi um papel muito importante pro meu desenvolvimento como atriz.

Publicidade

fran-sadsinki

Qual a sua visão sobre a diversidade cultural de Jaraguá do Sul? Confesso que até surgir o Festival de Cinema eu não tinha ideia da amplitude da cultura nessa cidade. Sempre achei que não tinha muitas pessoas empenhadas nessa área, por conta de sempre ver o lado industrial da cidade que é mais forte e a arte por aqui não ser valorizada, mas tem muita gente boa pela região, e essa área está crescendo muito. E agora com a fundação do Instituto Fescine vai crescer ainda mais. Acredito que ainda vai estourar muitos artistas jaraguaenses para todo o país, pois já tem muitos jaraguaenses no eixo Rio/SP, e a galera está se enfiando, Jaraguaenses indo pra lá, e a galera vindo dar curso pra cá. Estou bem feliz com essa evolução, ver que a nossa cidade está crescendo culturalmente e a mobilização das pessoas para fazer parte desse desenvolvimento, é demais.

Vídeos de Jana Mokwa já são conhecidos pela região:

https://www.youtube.com/watch?v=b22ZGhV1ooo

Aspirações para o futuro? A caminhada não será fácil, mas cada passo já é uma realização. Trabalhar e viver de arte e música é um sonho, e tenho certeza de que Deus está olhando para os meus sonhos e me direcionando para o caminho certo. Peço que acompanhem o Canal da Jana Mokwa no Youtube, e conheçam toda a minha trajetória.

CONTATO Facebook: Janaína Mokwa Instagram: @janainamokwa Youtube: Canal da Jana Mokwa E-mail: janainamokwa@gmail.com

Veja também

Conheça a rotina da Musa Fitness de Jaraguá do Sul
A beldade afirma que mudar sua rotina vai exigir muita determinação e foco
Revista Nossa entrevista Mona Santana: um bate papo franco sobre a vida de uma modelo
Ela é linda, cheia de carisma e fala o que pensa!
DJ Lucas Nascimento é a nova promessa da música eletrônica
Jaraguaense tem apenas 20 anos e já é destaque como um dos profissionais mais talentosos da região
Personagens de Jaraguá do Sul: O fotógrafo apaixonado pelo universo das imagens
Conheça a história de um dos fotógrafos mais experientes da cidade
Especial Dia das Crianças: Uma pequena com mil e uma utilidades
Yasmin Wilbert de Souza é a exemplificação de uma criança saudável, divertida e sempre de bem com a vida