Honrando o compromisso público

Por: Eduardo Klemtz Foto: Maria Gonçalves
Compartilhe

Com experiência no âmbito empresarial, Neivor Bussolaro é o diretor de Desenvolvimento Econômico de Jaraguá do Sul, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, Serviços e Turismo, do Poder Executivo municipal. "Conhecendo as dificuldades dos empreendedores e através da Secretaria, pretendo transmitir o sentimento geral destes sobre a necessidade de desburocratização. O objetivo da administração do prefeito Antídio Aleixo Lunelli é facilitar a vida de quem quer empreender em Jaraguá do Sul", destaca o empresário.

Publicidade

2obanner_vallsa_360x344px

Bussolaro, assim como todos os envolvidos no governo atual do município, tem o compromisso de melhorar a relação da Prefeitura com a sociedade jaraguaense, tornando o ambiente público mais ágil e menos burocratizado, para atender as demandas das pessoas que querem investir na cidade, gerando novos negócios e oportunidades de novos empregos contribuindo assim para o crescimento do município. Identificar os problemas foi o primeiro passo. Após conversas com técnicos dos setores por onde tramitam os processos de abertura de empresas, a administração municipal criou o grupo de trabalho denominado "Pró Empresa". "Com reuniões semanais, a troca de informações entre setores e os relatos de munícipes fomos melhorando em conjunto o processo de aberturas de empresas".

interna

Neivor Bussolaro cita que a criação do grupo Pró-Empresa, faz parte de uma série de ações da Administração Municipal para facilitar o dia a dia do contribuinte. Fazem parte: a implantação da Nota Fiscal Eletrônica, o Projeto Legal, o Alvará de Atividade e, mais recentemente, a emissão de CNDs (certidões negativas de débito) pela Internet. O Pró Empresa tem como objetivo encontrar os empecilhos que dificultam a abertura de empresas no município. "O que este grupo irá propor é a redução de distâncias entre a entrada do pedido de abertura de uma empresa e a finalização do processo dentro da prefeitura. Com o auxílio da equipe, conseguimos identificar através de estudos, os problemas de sistema de informação e a falta de pessoal em determinados setores, por exemplo. Uma medida já adotada foi a disponibilização de um servidor público municipal no setor de protocolo para prestar orientações e um atendimento diferenciado ao empreendedor. Buscamos também, com as reuniões dos integrantes do Pró-Empresa, realizar encontros com representantes de contabilistas convidados, para saber destes profissionais, quais as dificuldades encontradas por eles no processo de abertura de empresas", descreve Bussolaro. "Estamos trabalhando para simplificar o surgimento e a permanência dos empreendedores, para que, com o passar do tempo, a geração de empregos e renda inseridos na comunidade, retorne em ganho para o município e toda a sua população", explica.
Publicidade

abf-interna

O grupo Pró Empresa, com o apoio do Prefeito Antídio Lunelli e do vice prefeito e secretário de desenvolvimento economico, Udo Wagner, está criando ações, que visam colaborar para a otimização empresarial. "Estamos trabalhando para implantar durante o próximo ano a Plurianálise e a otimização de fluxogramas. Quando um munícipe ingressar um pedido de abertura de empresa, o mesmo irá tramitar em todos os setores necessários à sua área de atuação ou ramo de atividade ao mesmo tempo, ou seja, a análise poderá ser feita simultaneamente, deixando todas as áreas informadas do processo promovendo desta forma a celeridade. Um empreendimento não precisa passar por todos os setores da prefeitura. Um exemplo disso seria uma loja de confecções, é desnecessário que o processo passe pelo setor de Educação ou no Fujama para aprovação. São pequenas mudanças que facilitam até mesmo a vinda de novos empresários para a região, e isso nos ajuda a crescer. Queremos inspirar os munícipes a criarem o seu negócio, promover novas ideias e inspirar profissionais qualificados que se importem com a legalidade do seu empreendimento, mas para isso, precisamos diminuir a burocracia e aumentar a eficiência do nosso sistema fazendo com que as pessoas percebam que garantir a segurabilidade do seu negócio é algo essencial nos dias de hoje", reflete o empresário.

interna-2

Neivor Bussolaro complementa que se sente confiante, e que 2018 será um ano próspero para a vida econômica de Jaraguá do Sul. "A nossa economia tem dado sinais de melhora, estamos focados no crescimento empresarial. Temos novos investimentos na cidade, faculdades ofertando novos cursos, o Centro de Inovação que deverá ficar pronto no primeiro semestre do ano que vem, neste ecossistema temos a implantação do Centro Up. Ambos oferecem estrutura para atrair empresas com a finalidade de oferecer um ambiente de inovação em parques tecnológicos destinado a dotar o Município de Jaraguá do Sul e a região por ele polarizada de um ambiente capaz de albergar instituições destinadas ao desenvolvimento de atividades de pesquisa, desenvolvimento de tecnologias, ensino e produção industrial. Serão mais profissionais, mais estudantes e novos cursos", conta.

selo-pizzaria

O Parque Ecológico também agregará lazer e qualidade de vida para comunidade, um ambiente que oferecerá oportunidades de grandes negócios. São ajustes e investimentos como este que irão auxiliar o nosso município em seu desenvolvimento. "É preciso se transformar e estar sempre à frente do seu tempo, conectados ao mundo, sem esquecer do dever de casa", encerra.

Veja também

Poupar no início do ano é a melhor saída para um 2019 saudável financeiramente
Passando por anos conturbados, com incertezas na economia, os brasileiros precisam controlar os gastos altos
Mais de 3,4 milhões de trabalhadores têm direito ao abono salarial neste mês
A estimativa do Ministério da Economia é de que R$ 2,8 bilhões sejam repassados
Índice de acidentes por imperícia em Jaraguá do sul e região são um dos menores de SC
Confira a Coluna Nossa Habilitação com Jeferson Cardozo
Projeto da Rede de Óticas Diniz contribui para mudar a realidade da visão infantil
Diniz Social já beneficiou cerca de 50 mil crianças entre seis e 12 anos de escolas públicas de mais de 300 cidades
Jaraguá é a primeira cidade a implantar a Google para Educação na rede municipal
Jaraguá do Sul servirá de piloto para outras prefeituras interessadas