Conheça o grupo GERAR

Por: Revista Nossa Foto: Divulgação
Compartilhe

Com mais de sete anos de experiência, o Grupo Voluntário de Busca e Salvamento Gerar é uma associação civil sem fins lucrativos fundada em 18 de agosto de 2009, tendo como principal objetivo o auxílio direto aos órgãos de segurança pública e defesa civil sempre que solicitado. Formado essencialmente por bombeiros, policiais militares, profissionais da saúde e resgatistas, tem como objetivo geral dar segurança à comunidade na ocorrência de situações anormais e que envolvam riscos.

interna-9

A associação civil tem por objetivo atuar em situações de resgate, busca e salvamento em auxílio aos órgãos de defesa civil e da segurança pública. É objetivo também promover e fomentar o uso de boas práticas nas atividades ligadas ao turismo de aventura e a formação de grupos voluntários de busca e salvamento. Hoje a entidade sobrevive somente com a mensalidade de seus integrantes, inclusive da diretoria. A maioria dos gastos são pagos por algum subsídio, seja de empresas ou dos próprios integrantes. Caso isso não ocorra, os voluntários acabam bancando as despesas. As doações minimizariam essas situações de dificuldade, pois como voluntários os integrantes da instituição já estão se doando para a sociedade, sem condições de bancá-la financeiramente.

Publicidade

banner_sabado_360x344px

Em busca de doações para a instituição, o presidente Odirlei Luis Siewerdt comenta que recentemente conseguiram fechar uma parceria e serão beneficiados pela concorrida Feijoada do Moa, evento que reúne empresários de toda a região. "Com o valor que arrecadarmos através do evento, poderemos investir em equipamentos que o grupo está precisando. Como são equipamentos caros, fica difícil bancar esses gastos com nossos recursos. Também queremos tornar o grupo visível perante a sociedade, pois na verdade trabalhamos no anonimato e treinamos para estarmos sempre prontos para ajudar. E como temos o curso de formação em andamento, iremos usar esses valores para qualificar novos membros com maior eficiência", revela Odirlei.

Publicidade

telles-mobile

De fato é notável que ao longo dos sete anos de atividade o GVBS Gerar contribuiu e ainda contribui com a formação e especialização de pessoas para atuar em todas as formas de catástrofes, compreendendo as áreas de busca e salvamento em estruturas colapsadas, busca e salvamento em águas rápidas, busca e salvamento em mata e busca e salvamento em planos inclinados. O resultado do empenho dos voluntários que servem o Gerar é colhido nas inúmeras vezes em que o grupo foi acionado para auxiliar as entidades de Defesa Civil e Corpo de Bombeiros do município e da região, a exemplificar as enchentes de 2010 e 2014, onde o grupo fez a diferença nos mais diversos pontos de alagamento da cidade.

Publicidade

caprica

Com a intenção de auxiliar a comunidade nos momentos em que mais precisa, Odirlei adiciona que a entidade sempre estará presente nas horas mais necessárias. "Nosso objetivo é dar proteção e segurança, seja por meio de ações preventivas, bem como atuação nas emergências para as quais somos acionados. Trazemos em nossa marca o orgulho do nosso município e levamos a referência de Jaraguá do Sul para outras regiões, como cidade modelo em todos os sentidos. O Gerar não pretende, em nenhum momento, sobrepor ou substituir qualquer que seja o órgão de defesa civil ou segurança pública, reconhecendo e entendendo que em momentos de crise nenhum órgão ou entidade é autossuficiente. Assim, existe para auxiliar e somente mediante solicitação. O Gerar, bem como seus membros, acredita firmemente que é grande a importância de somar forças e agir de forma organizada e harmonizada em situações de desastres, calamidades públicas e outros eventos adversos que possam comprometer vidas humanas, seja em missões regionais, estaduais, nacionais ou internacionais", encerra.

Veja também

Poupar no início do ano é a melhor saída para um 2019 saudável financeiramente
Passando por anos conturbados, com incertezas na economia, os brasileiros precisam controlar os gastos altos
Mais de 3,4 milhões de trabalhadores têm direito ao abono salarial neste mês
A estimativa do Ministério da Economia é de que R$ 2,8 bilhões sejam repassados
Índice de acidentes por imperícia em Jaraguá do sul e região são um dos menores de SC
Confira a Coluna Nossa Habilitação com Jeferson Cardozo
Projeto da Rede de Óticas Diniz contribui para mudar a realidade da visão infantil
Diniz Social já beneficiou cerca de 50 mil crianças entre seis e 12 anos de escolas públicas de mais de 300 cidades
Jaraguá é a primeira cidade a implantar a Google para Educação na rede municipal
Jaraguá do Sul servirá de piloto para outras prefeituras interessadas