Comunicação Visual aproxima clientes e produtos

Por: Revista Nossa Foto: Divulgação
Compartilhe

O Ponto de Venda (PDV) é o primeiro contato de um produto com o seu consumidor. Dentro de uma loja, ele pode mostrar para quem o procura, o que tem de melhor e o que o diferencia de seus concorrentes. Não basta o produto ser bom, tem que aparecer bem! Mas o que o destaca em meio a tantos similares? Uma boa comunicação com o consumidor é o ponto chave desta pergunta. A proposta engloba propor uma nova atmosfera no PDV, desenvolvendo uma nova dinâmica de consumo, com placas sinalizadoras, acessórios de parede e expositores para destacar e apresentar adequadamente cada linha e tipo de produto. Entre outros elementos trabalhados, um bom enxoval de comunicação visual amarra a narrativa proposta à nova experiência de compra. O planejamento de layout, com técnicas de zoneamento e setorização dos produtos e suas categorias, sempre voltada para a orientação de compras e merchandising, é o primeiro passo para o planejamento da comunicação. O objetivo é fazer a loja conversar com o consumidor.

Publicidade

gif-bread-burguer

Através da curadoria¹, os novos elementos compõem a experiência do cliente, que é conduzido da entrada da loja até a concretização da compra. Dependendo do tipo de atendimento, elaboramos uma solução diferente. Uma loja que visa o autosserviço deve ser capaz de falar com o cliente através de comunicação clara e objetiva, como exemplo, lojas de departamentos. Já uma loja com atendimento dirigido, pode ser mais sutil na comunicação visual, já que a compra será orientada pelo vendedor, como no caso de lojas especializadas. A sinalização da loja pode transmitir uma informação técnica, desconhecida pelo consumidor, ou uma informação para localização, indicando a setorização do espaço.

siglas

Independente do tamanho e segmento do comércio, a comunicação clara e objetiva auxilia o consumidor a se localizar dentro do espaço, que fica mais confortável e propenso a consumir. Trabalhar a curadoria, apresentando ao cliente, por exemplo, as diferenças entre modelos de produtos e a instrução para a melhor escolha, deixam o cliente mais seguro na hora da compra. Já tem um comércio? Invista na revisão da comunicação de sua loja, com nova tipografia² e iconografia³ usando desde a sinalização, até peças de atração, engajamento e conversão. Estes recursos são aliados na hora de aumentar o faturamento de sua empresa.

Publicidade

divino-grill

Às vezes, as soluções mais simples e eficientes são difíceis de identificar. A Influenzi ? Arquitetura para Varejo traz experiência e inteligência de mercado, para atender a necessidade de cada comércio e alavancar as vendas.

1.Curadoria ? Conjunto de ações e elementos que constituem a organização de uma loja. 2.Tipografia ? Arranjo ou estilo da composição visual de uma produção gráfica (fonte). 3. Iconografia ? Apresentar informações através de imagens.

marina

Marina G. Marcolla Arquiteta, especialista em Gestão de Negócios, com experiência em arquitetura para o varejo.

Veja também

Valorize a sua fachada
Como anda a fachada da sua casa?
Ninare encanta com duas novas opções de quartos Infantis. Veja!
Caroline Obenaus e Josiane Mirela Pedri se unem para a construção de projetos inspirados no aconchego
Tipos de box para banheiro: saiba como escolher o vidro ideal
Preparamos um guia com detalhes do vidro recomendado para essa área do banheiro, além da indicação de cinco tipos de box
Proma realiza workshop de mesa posta com Joe Gieseler para influenciadores digitais
Com inspiração natalina, o evento foi um convite para que os visitantes aprendessem como preparar a mesa perfeita
Verão chegando: piscina ou spa?
Coluna Arquitetura e Urbanismo com a Eixo 11